quarta-feira, 16 de abril de 2014

O Brasil Dá O Último Adeus A José Wilker

José Wilker
A morte do ator José Wilker  causou comoção entre amigos e fãs, que lotaram o Teatro Ipanema durante o velório


Tristeza, dor e uma inconsolável sensação de perda... A morte do ator José Wilker, na madrugada de sábado dia 05 de abril de 2014, deixou a família, os amigos e os milhares de fãs chocados. O artista de 69 anos de idade deixou um vazio imenso na TV, cinema e teatro ao sair de cena tão inesperadamente. Ele morreu na casa da namorada, a jornalista Cláudia Montenegro, em Ipanema, no Rio, vítima de um infarto fulminante, enquanto dormia.


 Glória Pires e Orlando Morais
Glória Pires declarou: "Que tristeza, que perda enorme, estou sem palavras". 

 Betty Farias e Leona Cavalli
Betty Farias se despediu do amigo contando que a parceria deles começou há 48 anos: "Fizemos teatro, cinema, televisão juntos, passamos por muitas coisas boas, engraçadas e difíceis que essa vida cigana de ator nos dá".

 Tony Ramos
Tony Ramos  definiu o amigo como um homem sofisticado, sempre preocupado com a gente e com a cultura brasileira, e que se preocupava com a arte.Muito inteligente, até mesmo na ironia.

Susana Vieira
Susana Vieira que atuou com ele em seis novelas, disse que seu "casamento" com José Wilker foi o mais longo de sua vida. "Perdi um grande amor da minha vida". 

 Natália do Vale
  Natália do Vale estava tão arrasada que preferiu não falar.

 Cláudia Abreu e Mônica Torres
Mônica Torres,  ex-mulher do ator e mãe de sua filha Isabel Wilker.

 Carolina Kasting
Carolina Kasting que fez com ele  "Amor à Vida", sua última novela,agradeceu: "O Zé foi como um pai para mim. A sabedoria e a generosidade dele me ajudaram a chegar onde cheguei com a Gina. Obrigada Ele foi um ser humano que não cabia dentro de si de tanta grandiosidade".

 Wolf Maya
 Wolf Maya o citou como um exemplo de ator.

 Vera Holtz e  Guilhermina Guinle.
Guilhermina Guinle, ex-mulher do ídolo, fez um depoimento emocionado: "Que honra ter feito parte da sua vida durante dez anos!Obrigada, José! Obrigada, Zé por seu precioso tempo. Tempo que você sabia aproveitar como ninguém. Sua história de vida é um exemplo vivo da imortalidade da alma. O dia está triste. É um pedaço da nossa vida que vai embora hoje!. 

 Eliane Giardini
 Eliane Giardini , par de José Wilker na novela "Amor à Vida".

Maitê Proença
 Maitê Proença  que esteve com o astro na novela "Gabriela" falou da inteligência brilhante do colega e relembrou seu trabalho com ele no remake de Gabriela (2012) quando ele deu vida ao vilão Coronel Jesuíno. E brincou com o bordão do personagem:"Adorei ser usada por você, Zé!".

 Ary Fontoura
Ary Fontoura contou que chorou muito. Ary não se conformou ao receber a notícia: "Fiz tantas novelas com ele...Conversávamos, debochávamos da vida, da política, dos políticos, do país.Estou órfão! Vou sentir uma saudade muito grande".

 Otom Bastos, Denis Carvalho e Daniel Filho
  Otom Bastos, Denis Carvalho e Daniel Filho prestaram suas homenagens.

 Renée de Vielmond
  Renée de Vielmond mãe da primogênita dele, Mariana.

 Stenio Garcia e Marilene Saad
 Stenio Garcia, também muito comovido.

  José Mayer
 José Mayer não escondia o quanto estava desolado com a perda de José Wilker.

 Giovanna Lancellotti
Giovanna Lancellotti agradeceu por tudo que aprendeu com o artista.

Aderbal Freire Filho e Marieta Severo

O diretor teatral Aderbal Freire Filho e sua esposa, a atriz Marieta Severo.


 Renata Sorrah
 Renata Sorrah que era amiga de José Wilker  havia 50 anos, só tinha elogios."Todo mundo ficou atônito. Ele não tinha nenhum problema de saúde. Era um ator brilhante, um homem de teatro e depois de cinema e de T V".

Aracy Balabanian
Aracy Balabanian chorou muito durante  velório no Teatro Ipanema.
Rosamaria Murtinho
Para Rosamaria Murtinho ele foi um homem divertido. "Era irônico, fazia piadas do próprio texto nos ensaios. Era muito engraçado".


Rodrigo Andrade 

Rodrigo Andrade também estava abalado no velório.


Sonia Braga
Dos Estados Unidos, Sonia Braga, que fez com o astro José Wilker o filme "Dona Flor e Seus Dois Maridos" (1976), mandou sua mensagem: "Meu querido amigo, para sempre! Conheci o Wilker quando fui para o Rio com a peça Hair, em 1969, e me apaixonei loucamente por aquela pessoa linda. E por toda a minha vida continuei o amando intensa e platonicamente. Wilker sempre foi e continuará sendo um dos meus melhores e mais queridos amigos", declarou.

Por Roseane Santos e Raquel Borges
Na página Saudade...

Publicado na revista TiTiTi
Edição: 11/04/2014 Ano 16 Nº 813
Fotos: AgNews.


Nenhum comentário:

Postar um comentário