sexta-feira, 18 de maio de 2018

Rafael Cardoso



Rafael Cardoso
De bom moço a vilão.Rafael Cardoso conquistou aos poucos seu espaço na televisão e hoje em dia já faz parte do seleto time dos galãs da nova geração.

2017 - O Outro Lado do Paraíso

Rafael Cardoso

Na última semana ele ficou ainda mais em evidência na trama O Outro Lado do Paraíso e mostrou a verdadeira face de seu  personagem, o maquiavélico Dr.Renato.Resultado: a atuação de Rafael Cardoso rendeu críticas positivas mais do que merecidas para esse ator gaúcho que já está na estrada há mais de 10 anos. 

Na TV gaúcha

2007 - Pé na Porta

Fernanda Petit, Eduardo Sandagorda e Rafael Cardoso na série Pé na Porta.Série de humor foi um dos primeiros trabalhos de Rafael Cardoso na televisão.Rafael iniciou sua carreira quando ainda era adolescente. Aos 16 anos, fez participações em programas da RBS (afiliada da Globo no Rio Grande do Sul). Logo aquele jovem loirinho de cabelos cacheados chamou a atenção e protagonizou episódios da série Pé na Porta, exibida pela emissora na atração Curtas Gaúchas.Na atração, Rafael interpreta um jovem roqueiro, que vive seus primeiros conflitos com a liberdade e responsabilidades da adolescência.

2008 -  Beleza Pura

Do sul para o Brasil
Rafael Cardoso,Christiane Torloni e Polliana Aleixo
Em busca de seu sonho, Rafael deixou Porto Alegre e partiu para o Rio de Janeiro, onde participou de algumas peças teatrais. Em 2008, fez sua estreia na Globo, em Beleza Pura, quando viveu o jovem Klaus, filho de Sônia, interpretada por Christiane Torlon,e irmã de Dominique .Sua mãe sofre um acidente e desaparece, logo no inicio da trama e ela será criada por Guilherme (Edson Celulari). No acidente, também desaparece o pai de Hugo, (David Lucas) e melhor amigo de Dominique
 Depois disso o artista entrou em ascensão na carreira e emendou um trabalho atrás do outro na Globo.

2009 -  Cinquentinha

Rafael Cardoso
Na próxima minissérie da Globo, Cinquentinha. Rafael  viverá Eduardo um estudante de 20 anos que se envolve com a avó de seu melhor amigo, a fotógrafa Mariana (Marília Gabriela), que é louca por garotões.

2010 - Tititi
Mayana Neiva e Rafael Cardoso 

Em “Ti-ti-ti”, Rafael Cardoso interpretou Jorgito, filho dos empresários Orlando (Paulo Goulart) e Rebeca (Christiane Torloni), que só queria distância dos negócios da família. Na trama, namorava Thaísa (Fernanda Souza), mas vivia cercado de “rabos-de-saia”, até se encantar por Desirée (Mayana Neiva).Para viver Jorgito de Ti-ti-ti, Rafael Cardoso abandonou os cachinhos de Eduardo em Cinquentinha e deixou a barba mal feita.


2011 - A Vida da Gente

Ganhando destaque

Rafael Cardoso e Fernanda Vasconcellos
Foi em 2011 que Rafael ganhou seu primeiro protagonista, Rodrigo em A Vida da Gente.
Manuela (Marjorie Estiano), Nanda (Maria Eduarda de Carvalho), Rodrigo (Rafael Cardoso) e Ana (Fernanda Vasconcelos) convivem juntos desde a pré-adolescência. Em um passeio ecológico, Ana e Rodrigo percebem que são perdidamente apaixonados e se entregam um ao outro. O romance, no entanto, sofre oposição dos pais dos jovens, Eva (Ana Beatriz Nogueira) e Jonas (Paulo Betti), que não aceitam o envolvimento dos irmãos de criação. Tenista promissora, Ana descobre-se grávida de Rodrigo e é pressionada pela mãe a ter a criança fora do Brasil, para não prejudicar sua carreira e se afastar de Rodrigo A jovem revela a gravidez a sua irmã, Manuela, uma jovem deficiente e rejeitada pela mãe, mas é obrigada a ocultá-la de sua avó Iná (Nicete Bruno) e de Rodrigo. Ela aceita sair do país e tem uma menina, Júlia (Jesuela Moro).Pela primeira vez protagonista, em 2011 viveu Rodrigo Macedo em “A Vida da Gente”. Na história, acaba casado com Manuela (Marjorie Estiano)​, irmã do seu grande amor Ana (Fernanda Vasconcellos), que durante quatro anos fica em coma, depois de um grave acidente.


2012 - Lado a Lado

Rafael Cardoso e Camila Pitanga.

Em “Lado a Lado”, Rafael Cardoso deu vida a Albertinho, verdadeiro “bom vivant” que só quer saber de festas, mulheres e críquete. Na novela premiada com um Emmy, apaixona-se por Isabel, personagem de Camila Pitanga. 

2013 - Jóia Rara

Nathalia Dill e Rafael Cardoso

Na novela de Duca Rachid e Thelma Guedes, o ator interpretou o sensível Viktor, em total contraste com o seu playboy de “Lado a Lado”. Filho do poderoso e conservador Ernest Hauser (José de Abreu), lutou pelo sonho de ser pintor. Na trama, apaixona-se pela vilã Sílvia, personagem de Nathalia Dill

2014 -  O Tempo e o Vento

Rafael Cardoso e Janaina Kremer em O tempo e O Vento - 2ª Versão
Primo de Bolívar, Florêncio (Rafael Cardoso) é um rapaz tímido e também se encanta por Luzia(Mayana Moura)mas acaba não sendo o escolhido pela jovem como seu futuro marido. Apesar de perder a disputa amorosa, a amizade entre os dois segue inabalável. É Florêncio quem percebe o comportamento estranho de Luzia e tenta abrir os olhos de Bolívar. É pai de Alice (Elisa Volpatto) e Maria Valéria (Vanessa Lóes). Alice se casa com seu primo Licurgo (Marat Descartes), filho de Luzia e Bolívar. Ele vive no Sobrado com a tia e o genro.Janaina Kremer é neta de Ana Terra (Cleo Pires/ Suzana Pires). Filha de Pedro Terra (Rafael Tombini/Cacá Amaral) e Arminda (Luiza Ollé/ Áurea Baptista), Bibiana foi uma moça bonita e se apaixonou à primeira vista pelo Capitão Rodrigo Cambará (Thiago Lacerda). Também foi cortejada por Bento Amaral (Leonardo Medeiros), mas casou-se com o militar. Com ele, teve dois filhos: Bolívar (Igor Rickli) e Anita, que morre ainda bebê. Rodrigo é morto com um tiro nas costas por Bento. Bibiana reúne forças para cuidar de Bolívar. Herdou da avó o gênio teimoso e a aura de matriarca que se acentua com o passar do tempo. Vive outra tragédia ao ver a morte do filho e, mais uma vez, supera o episódio para cuidar do neto Licurgo (Marat Descartes). É Bibiana quem narra a trama. Ao envelhecer, começa a ver o espírito do Capitão. Ela morre após o fim da Revolução Federalista e seu espírito vai embora junto com o de Rodrigo.

2015 - Império

Rafael Cardoso

O chef Vicente (Rafael Cardoso), no ano passado, teve grande destaque na trama de Império ao viver um romance com a protagonista Cristina (Leandra Leal). Cozinheiro nas horas vagas e dono de um restaurante, o ator trouxe um pouco da sua experiência pessoal para o papel. 

2016 - Além do Tempo

Rafael Cardoso
Novela 'Além do Tempo': Felipe (Rafael Cardoso) saiu de casa para ficar com Lívia (Alinne Moraes).Ele vive uma relação de amor com a personagem da Alinne Moraes, mas será um amor proibido, por conta das classes sociais. E ela também é uma noviça. Ele se apaixona por Lívia, mas estará noivo de Melissa, personagem de Paolla Oliveira. E ele vai ficar dividido entre as duas.


Rafael Cardoso
O bandido César, primeiro vilão da carreira na novela das 18 Sol Nascente

Após dar vida a vários mocinhos totalmente do bem, em 2016 ele encarou o desafio de interpretar seu primeiro vilão, o vingativo César do folhetim das 18h Sol Nascente.Ganancioso, calculista e manipulador, César é um tipo sem nenhum caráter. Hábil dissimulador que é, se faz passar por bom moço para dar seus golpes. Para Rafael, o vilão é um camaleão e um ótimo ator, que consegue enganar muito bem suas vítimas.

2017 - O Outro Lado do Paraíso

Rafael Cardoso

Há cinco meses, o ator vê bem de perto o médico de “O outro lado do paraíso” enganar o público e os personagens da novela, passando-se por mocinho. Com a máscara prestes a cair no dia de seu casamento com Clara (Bianca Bin), o vilão é um retrato da sociedade atual, segundo seu intérprete.referindo-se ao doutor que, desde o início da trama, aproximou-se da protagonista com interesse nas esmeraldas. Para conseguir as pedras, tornou-se cúmplice de Sophia (Marieta Severo) e tentou matar a mocinha no hospício. Sem limites, o rapaz ainda vai se unir a Fabiana (Fernanda Rodrigues) para destruir a ex-noiva.


Você sabia?

Rafael Cardoso
Rafael Cardoso é um amante das artes e além da interpretação tocar piano  é uma grande paixões, assim como desenhar.

Rafael Cardoso

"Perdi minha mãe muito jovem e meu pai era  meu exemplo. Também amadureci mais rápido porque fui morar sozinho. Levei pancadas, mas aprendi muito"

Ficha técnica

Nome: Rafael Cezar Cardoso
Data de nascimento: 17/11/1985
Local de nascimento: Porto Alegre/RS
Idade: 29 anos
Signo: escorpião
Último trabalho: Interpreta o Conde Felipe, em Além do Tempo, trama das 18h
Status de relacionamento: Casado com Mariana Bridi, filha da jornalista Sônia Bridi
Curiosidade: Sonhava em ser jogador de futebol e chegou a atuar em times profissionais em sua cidade. Mas, após uma lesão, abandonou o esporte e passou a se dedicar ao teatro. Estreou na TV em Beleza Pura (2008) e, desde então, se mantém. Está em alta na Globo e já coleciona seis folhetins.

"A trama é reflexo desse mundão que a gente vive. Novela tem seu cunho social que é mostrar o que acontece na vida, não é só historinha para boi dormir. Às vezes a gente que não quer enxergar", Rafael Cardoso ao site Observatório da Televisão. 

Na telinha

2007 - Pé na Porta
Rafael
2008 - Beleza Pura
Klaus Amarante
2009 - Cinquentinha
Eduardo
2010 - Tititi
Jorgito
2011 - A Vida da Gente
Rodrigo
2012 - Lado a Lado
Albertinho
2013 - Joia Rara
Victor
2014 -  O Tempo e o Vento
Florêncio Terra
2014 - Império
Vicente
2015 - Além do Tempo
Felipe
2016 - Sol Nascente
Wladimir/César
2017 - O Outro Lado do Paraíso
Renato

Texto: Flavia Serra

Publicado na revista TV Brasil n/n 937

Encarte da revista TV Brasil n/n 802

Superpôster Tititi
Foto: Gilberto Perin/RBS TV-TV Foco-Casé Assessoria-Globo internacional-Gshow-Globo.com-´Memoria Globo

quinta-feira, 17 de maio de 2018

Explosivos! Eles Não Param De Brigar

Eles não param de brigar, mas esse é só o jeito de esconderem o quanto se amam: Relembre os casais que viveram entre tapas e beijos, como Darcy e Elizabeta de Orgulho e Paixão.

Darcy e Elizabeta
Orgulho e Paixão (2018)
Thiago Lacerda e Nathália Dill
Em Orgulho e Paíxão, Darcy (Thiago Lacerda) e Elizabeta (Nathalia Dill) estão provando que a raiva pode se transformar em amor. Os dois personagens, que começaram a trama brigando sem parar, já se tornaram um casal com direito até a declaração e pedido de namoro. A verdade é que  às vezes a pessoa com quem nós mais implicamos pode ser a nossa alma gêmea e a história de Darcy e Elizabeta não é a única que comprova essa teoria. Relembre casais de novelas que, depois de muitas brigas, viveram lindas histórias de amor.

Fábio e Jô
A Gata Comeu (1985)
Christiane Torloni e Nuno Leal Maia
Fábio (Nuno Leal Maia) e Jô (Christiane Torloni) viviam se engafiando. E chegaram a trocar tapas no estilo bateu levou. Fábio não suportava o jeito intempestivo de Jô e demorou para admitir que era apaixonado pela ricaça, conhecida por Barba Azul, por conta dos noivados que terminou.

Catarina e Petruchio
O Cravo e a Rosa (2000)

Eduardo Moscovis e Adriana Esteves
Muitos objetos voaram na direção de Petruchio (Eduardo Moscovis) durante toda a novela, mas nem assim ele conseguiu se livrar das garras da megera Catarina (Adriana Esteves) a quem chamava constantemente de "onça brava". Mas foi uma paixão arrebatadora que nasceu ali. 

Armando e Fátima
Tapas e Beijos (2011-2015)

Vladimir Brichta e Fernanda Torres
Como o nome mesmo já diz, Fátima (Fernanda Torres) e Armando(Vladimir Brichta) viviam entre tapas e beijos. Ás vezes, mais tapas do que beijos. O casal sempre arrumava confusões que não acabavam nada bem e após muitos términos, Armando lutou para reconquistar a ex-mulher e reconstruir o casamento dos dois. Nesse caso, é até possível dizer que as brigas eram um combustível do relacionamento. 

Helô e Stenio
Salve Jorge (2012)

Giovanna Antonelli e Alexandre Nero
Helô (Giovanna Antonelli) e Stênio (Alexandre Nero) viviam uma relação de cão e gato., A delegada e o advogado eram casados e se separaram após diversas brigas e acusações de falta de ética no trabalho. Mas, no final da trama de Gloria Perez, eles assumiram que ainda eram apaixonados e se casaram novamente.

Bebel e Olavo
Paraíso Tropical (2007)

Camila Pitanga e Wagner Moura
Olavo (Wagner Moura) não media palavras na hora de ofender Bebel (Camila Pitanga), mas estava ma cara que os dois sentiam uma grande atração um pelo outro. O casal roubou a cena e conquistou o público que torcia para que eles ficassem juntos. Apesar de tantas brigas, se entenderam, mas não tiveram final feliz.

Por Jaquelini Cornachioni 

Publicado na revista Minha novela n/n 970de 06 de abril de 2018.
Orgulho e Paixão

Sombra E Água Fresca

Ambientada na  Bahia, Segundo Sol vem aí prometendo esquentar o horário nobre!Relembre outras novelas que tiveram o litoral como cenário.A próxima trama das nove, Segundo Sol, tem como cenário as praias de Porto Seguro, Arraial D'Ajuda, Trancoso e Salvador, onde se passa a história.

Porto dos Milagres (2001)

Marcos Palmeira e Flávia Alessandra
Adaptada dos romances de Jorge Amado. a trama narrava os conflitos entre o pescador Gum (Marcos Palmeira) e o golpista Felix (Antonio Fagundes), moradores da fictícia cidade de Porto dos Milagres, na Baia de Todos os Santos. Várias cenas da novela foram gravadas na Ilha de Comandatuba e na cidade de Canavieiras, na Bahia. O elenco ainda contou com nomes como Cássia Kis, Flávia Alessandra e Camila Pitanga.

Como Uma Onda (2004)
Alinne Moraes, Ricardo Pereira, Mel Lisboa, Maria Fernanda Cândido e Herson Capri
A novela teve como tema principal o triângulo amoroso vivido pelo português Daniel (Ricardo Pereira) e as irmãs Nina (Alinne Moraes) e Lenita (Mel Lisboa). As cidades portuguesas de Guimarães Braga e Porto foram cenário para os primeiros capítulos, enquanto no Brasil as praias Armação Joaquina e Barra da Lagoa, em Florianópolis retrataram a vila dos pescadores, onde Lavinia (Maria Fernanda Cândido) se envolveu com Sandoval (Herson Capri).

Kubanacan  (2003)

Marcos Pasquim e Danielle Winits
Na década de 1950, a fictícia ilha de Kubanacan, no Caribe foi palco para a comédia que satirizava a política e os problemas econômicos vividos na república. Também não faltou amor entre Esteban (Marcos Pasquim) e Marisol (Danielle Winits) e Enrico (Vladimir Brichta), Lola (Adriana Esteves) e Rubi (Carolina Ferraz). A Restinga da Marambaia no Rio de Janeiro, foi o local escolhido para representar o litoral caribenho.

Flor do Caribe (2013)

Grazi Massafera e Henri Castelli 
O estado do Rio Grande do Norte abrigou a história de amor entre a guia de turismo Ester (Grasi Massafera) e o piloto Cassiano (Henri Castelli). A inveja de Alberto (Igor Rickli) amigo de infância do casal gerou várias reviravoltas na trama. Oito cidades do litoral nordestino serviram de cenário para as gravações além da Guatemala, no Caribe onde o elenco gravou também no vulcão Pacaya.

Sol Nascente (2016)

As famílias de Mário (Bruno Gagliasso) e Alice (Giuvanna Antonelli) mantinham uma amizade de anos na fictícia cidade de Arraial do Sol Nascente. As diferenças de personalidade do casal e as armações de César (Rafael Cardoso) movimentaram a trama.Para retratar Arraial, as cidades de Ilha Grande Arraial do Cabo, Búzios e a Região dos Lagos, no Rio de Janeiro, foram as locações escolhidas.

Por Fernanda Rosa/Colaboradora

Publicado na revista Guia da TV n/n 576
Fotos: João Miguel junior, Renato Rocha Miranda, Rede Globo, Reprodução.

Uma Pior Que A Outra

Adriana Esteves, a eterna Carminha, fez tanto sucesso como vilã que na próxima novela das nove, Segundo Sol, será outra megera .Vem ver outras víboras que davam medo em muita gente!

Carminha (Avenida Brasil ,2012)

Adriana Esteves
A famosa Carmem Lúcia, esposa de Tufão (Murilo Benício), era uma vilã da pesada! Cresceu no lixão e se tornou uma mulher má, fria e desequilibrada. A lista de crimes da bruxa era extensa e variada: abandonou o próprio filho e a enteada no lixão, deu o golpe do baú em seu marido, matou o cunhado Max (Marcello Novaes), com quem tinha um caso, entre outras tramoias. Após ser presa pelo assassinato, voltou a viver no lixão.

Nazaré (Senhora do Destino ,2004)

Renata Sorrah
Quem não tinha medo da Nazaré Tedesco? Prostituta em um bordel  quando era jovem ela raptou a filha recém-nascida de Maria do Carmo (Susana Vieira).Usou do sequestro para dar o golpe da barriga e mudar de vida. Criou a menina como se fosse sua filha, mas judiava da sua enteada. Quando seu marido, José Carlos (Tarcísio Meira), descobriu toda a verdade, ela o empurrou da escada causando a sua morte. Nazaré era terrível!

Flora (A Favorita, 2008)

Patricia Pillar
Lobo em pele de cordeiro, Flora demorou para se revelar vilã. Tinha na irmã adotiva Donatela (Cláudia Raia), uma grande obsessão, mas ao mesmo tempo a via como uma grande rival. Fez da vida da irmã um verdadeiro inferno, após ela colocar um fim na dupla sertaneja que tinham juntas. Com um "beijinho doce", Flora foi colecionando maldades por onde passou, sendo a atriz antagonista mais premiada da TV.

Odete Rotman (Vale Tudo, 1988)

Beatriz Segall
Considerada uma das maiores vilãs da televisão Odete Roitman era rica, esnobe e poderosa! A maldade da megera estava em suas artimanhas para afastar Ivan (Antônio Fagundes) de Raquel (Regina Duarte). A malévola não deu sossego mesmo depois de morta. Sem revelar o culpado pelo seu assassinato, a pergunta que não queria calar na novela era "quem matou Odete Roitman?"

Raquel (Mulheres de Areia, 1993)

Gloria Pires
Confundir Ruth e Raquel era fácil fisicamente. Já no temperamento, Raquel era o extremo oposto da irmã. Falsa, ambiciosa e egoísta, ela usava o fato das duas serem iguais para se passar por Ruth. Queria a todo custo afastar a gêmea boa do milionário Marcos (Guilherme Fontes) e do Tonho da Lua (Marcos Frota). A vilã nunca mediu esforços para subir de vida e faturar uma grana aprontando e muito, ao longo da história.

Perpétua (Tieta,1989)
Joanna Fomm
Falsa beata e conservadora, Perpétua  estava sempre de luto. Se mostrava hipócrita  e interesseira, não se dava bem com a irmã, Tieta (Betty Faria) e armou para que seu pai expulsasse a irmã do agreste. Viúva de um militar e mãe de dois filhos, ela guardava uma caixa branca a sete chaves, cujo conteúdo só foi revelado no fim da novela: era o órgão genital do seu falecido marido.

Por Aline Campanha/Colaboradora

Publicado na revista Guia da TV 578

Dos Livos Direto Para As Novelas

Gabriela (Gabriela, 1975)

Sonia Braga
Não faltaram tramas para contar as histórias de Jorge Amado, o autor mais adaptado na televisão. As duas versões de Gabriela (1975/2012) , Tieta (1989) e Tocaia Grande (1995) foram algumas delas.

Carolina (A Moreninha,1975)

Nívea Maria
O romance A Moreninha, de Joaquim Manuel de Macedo, tomou forma em duas ocasiões na TV e duas no cinema. Na segunda versão da telinha, Nívea Maria deu vida a mocinha da Ilha de Paquetá.

Zuca (Cabocla, 1979)

Gloria Pires
Na primeira versão da novela, baseada na obra de Ribeiro Couto, Gloria Pires interpretou a brejeira Zuca, par de Luis Jerônimo (Fábio Jr.). O romance ultrapassou os bastidores e eles se casaram na vida real.

Salomé (Salomé (1991)

Patricia Pillar
A polêmica Salomé (Patricia Pillar) era uma moça à frente de seu tempo, em pleno ano 1930.A trama das 6 não atingiu o sucesso esperado, diferente do livro de Manotti Del Picchia, do qual foi adaptado.

Brida (Brida, 1998)

Carolina Kasting
Saída do livro homônimo de Paulo Coelho, Brida marcou a TV Manchete como sendo a última trama da emissora. A produção foi marcada pela greve dos funcionários do canal, que não recebiam.

Isaura (A Escrava Isaura, 2004) 

Lucélia Santos
Vinte e oito anos depois da versão televisiva do livro de Bernardo Guimarães, estrelado por Lucélia Santos, o romance ganhou uma roupagem na Record TV, protagonizada dessa vez por Bianca Rinaldi.

Por Thomaz Rocha

Publicado na revista Minha Novela n/n 970 de 6 de abril de 2018

Giovanna Anstonelli - Ela Tem Mil Faces

Giovanna Antonelli

Relembre os looks de Giovanna Antonelli, que estará morena e loura em Segundo Sol.Se existe uma atriz camaleônica nesse Brasil ela se chama Giovanna Antonelli. Desde o inicio de sua carreira, ela já alternou vários cortes e cores de cabelo diferentes: loiro, castanho escuro, Joãozinho, liso, encaracolado e longo, o preferido da estrela.  

2001 - O Clone

É impossível esquecer a Jade, de O Clone, a primeira protagonista de Giovanna. Para o papel da ousada muçulmana, a atriz assumiu seus cabelos cacheados originais, escureceu um pouco e alongou as madeixas com apliques.

2004 - Da Cor do Pecado

A vilã Bárbara da trama de João Emanuel Carneiro, fez Giovanna desapegar dos fios e mudar completamente seu visual, aparecendo na novela com cabelo bem curtinho e loiro. O estilo virou febre em todo o país.

2011 - Aquele Beijo

Para viver a discreta e bem sucedida arquiteta Cláudia, ela ficou morena de novo, cortou o cabelo na altura dos ombros e deixou os fios levemente ondulados para dar movimento. A franja lateral completava o visual clássico.

2012 - Salve Jorge

A corajosa delegada Heloísa, de Salve Jorge, foi a responsável por fazer as mulheres pirarem. Nessa época, a atriz estava com os fios longos, castanhos e com um iluminado sutil no comprimento.

2014 - Em Família

Outra prova de que Giovanna é mesmo desapegada veio na novela Em Família. Para interpretar a moderna Clara, ela cortou a franja na altura das sobrancelhas e manteve o restante do cabelo longo e ondulado.

2015 - A Regra do Jogo

A penúltima personagem da diva foi a dissimulada Atena, que conquistou o público feminino pela ousadia das roupas e joias. E o cabelo não ficou de fora! A atriz voltou a ficar loira e seguiu a tendência da raiz escura.

2018 - Segundo Sol

Uma das atrizes favoritas de João Emanuel Carneiro, a carioca mudará de visual na próxima novela das 9. Na primeira fase estará com os fios escuros e ondulados, como a marisqueira baiana Luzia. Já na segunda fase, depois de uma temporada na Islândia, ela volta ao Brasil com o corte blunt cut, no tom loiro baunilha.

Por Jaquelini Cornachioni

Publicado na revista Minha Novela n/n 973 de 27 de abril de 2018
X-TUDO Memória
Fotos: Divulgação-Rede Globo-João Cotta-João Miguel Junior-Alex Carvalho

quarta-feira, 16 de maio de 2018

Marina Ruy Barbosa


Marina Ruy Barbosa 

De menina à mulher. Nos últimos 14 anos, os telespectadores se acostumaram a ter a linda e competente Marian Ruy Barbosa nas principais tramas.Assim como a amiga e parceira de cena, Bruna Marquezine, Marina Ruy Barbosa também cresceu à frente das câmeras. A interprete da valente Amália, em Deus Salve o Rei, começou na profissão bem novinha e, já aos sete anos, fez a primeira aparição na TV na novela Sabor da Paixão.

Talento desde cedo

Marina Ruy Barbosa 
Apesar da pouca idade - apenas 20 anos - a atriz já se firma como uma estrela da TV. Começou na TV brasileira desde pequena. Em 2004 atuou pela primeira vez no cinema, na produção Xuxa e o Tesouro da Cidade Perdida

Sabor da Paixão 2002



Marina Ruy Barbosa

Começou aos nove anos e cresceu atuando na Globo Marina, que fez seu primeiro papel na TV na novela Sabor da Paixão, de 2002, como o personagem Marie.

 Xuxa e o Tesouro da Cidade Perdida 2004



Marina interpretou Mylia, uma personagem de destaque no longa Xuxa e o Tesouro da Cidade Perdida. 

Começar de Novo 2004


Aos 9 anos, Marina Ruy Barbosa debutou nas novelas como Aninha, uma espécie de anjo na terra que cuidava do protagonista Andrei (Marcos Paulo), em Começar de Novo.O talento e a beleza da ruivinha chamaram a atenção e após um teste bem sucedido, ela teve, de fato, seu primeiro papel na telinha, a anja Aninha, em Começar de Novo. A personagem exigia muito. Já que era muda e se expressava por gestos e pelo olhar mas Marina tirou de letra o desafio e encantou o público e a crítica.

Contratada!

Belíssima 2005


 
Mariana Ruy Barbosa e Cláudia Abreu
 Foi Sabina, filha de Cláudia Abreu em Belíssima . E tinha muita influência sobre sua avó, a vilã Bia Falcão, de Fernanda Montenegro.
A conquista atual vem para consolidar de vez o talento que veio a público em 2005, quando ainda menina brilhou como Sabina, a fofíssima filha da heroína Vitória (Cláudia Abreu) em Belíssima, de Silvio de Abreu. A partir daí, Marina tornou-se conhecida em todo  Brasil e foi contratada como artista exclusiva da Globo.

Sete Pecados 2007

Mariana Ruy Barbosa e Tiago Salomone
Ainda menininha, como Isabel em Sete Pecados.Em Sete Pecados, Marina interpretou Isabel, a filha mais velha do taxista Dante (Reynaldo Gianecchini) e da doceira Clarisse (Giovanna Antonelli). Ao lado de seu irmão Laerte (Tiago Salomone), ela aprontava poucas e boas com a patricinha Beatriz (Priscila Fantin), que fez de tudo para conquistar o seu pai.

TV Globinho - 2009



Em 2009, mostrou que também podia ser apresentadora e comandou  o programa infantil  TV Globinho.

Tudo Novo de Novo -  (2009).



Marina Ruy Barbosa foi a adolescente Bia na série 'Tudo Novo de Novo' (2009).


Escrito nas Estrelas 2010

Mariana Ruy Barbosa e Bruno Pereira
Já adolescente, Marina foi um dos destaques da trama de Escrito nas Estrelas, em que deu vida à rebelde Vanessa. Na história de Elizabeth Jhim, ela não se conformava com a separação de seus pais, Jane (Gisele Fróes) e Jardel (Celso Frateschyi). 

Morde e Assopra 2011

Mariana Ruy Barbosa e Klebber Toledo
Narjara Turetta e Mariana Ruy Barbosa
De lá pra cá, a carioca cresceu e apareceu, emendando um trabalho no outro.Brilhou ainda em Morde e Assopra como a riquinha e malvada Alice .Mas, ao longo da trama de Walcyr Carrasco, a personagem se transformou em uma pessoa melhor e ainda teve direito a um final feliz com Guilherme (Klebber Toledo). Aliás, na vida real, os atores engataram um romance, que durou cerca de três anos e chegou ao fim no ano passado.

Amor, Eterno Amor  2012

Como a estagiária Juliana, de Amor, Eterno Amor, ao lado de Miguel Rômulo.

Amor À Vida 2013

Mariana Ruy Barbosa e Ricardo Tozzi
Nicole em Amor à Vida 
Outro papel de destaque viria em Amor à Vida, porém marcado por uma polêmica. Marina interpretava Nicole, uma jovem que sofria de câncer, e entrou em conflito com o autor da trama ao se recusar a raspar a cabeça em cena. Walcyr Carrasco não gostou da negativa e matou sua personagem, que continuava aparecendo como fantasma, sem direito a falas. Marina encarou dignamente a 'punição' até o desfecho da trama, quando foi escalada para Império.

Ela cresceu!

Marina Ruy Barbosa
Os anos passaram e o público acompanhou a evolução da ruivinha e sua transformação em uma bela mulher. Em Império, viveu seu primeiro papel com cenas quentes.

Império 2014

Alexandre Nero e Marina Ruy Barbosa
Recentemente ela ganhou a Prêmio Contigo de TV de melhor atriz coadjuvante, por sua atuação em Império (2014), como a ninfeta Maria Ísis, amante do comendador José Alfredo (Alexandre Nero), a paixão do poderoso que mexeu com o imaginário masculino.

Amorteamo 2015

Marina Ruy Barbosa e Johnny Massaro
Arrepiou estrelando a minissérie Amorteamo, na pele da noiva-cadáver Malvina, junto de Johnny Massaro
Mal saída das gravações do folhetim de Aguinaldo Silva, a bela já foi quase direto para as filmagens de Amoteamo. Seu papel era o de Malvina, moça que se suicida ao ser abandonada no altar pelo noivo, Gabriel (Johnny Massaro) - porém, mais tarde, acaba 'ressuscitando' dos mortos para acertar as contas com o antigo amado.

Em 2015, a atriz ganhou sua primeira protagonista , a Elisa, da trama de Totalmente Demais.

Totalmente Demais 2016

Pronta para viver sua primeira protagonista de novela, em Totalmente Demais, a atriz de 20 anos revela que não é adepta ao posto de atriz principal. "Não gosto desse rótulo de protagonista. A novela é de todo mundo. Eu procuro não ficar pensando nisso. É mais um papel importante para mim na minha carreira. E fico feliz por terem acreditado no meu trabalho. Estou dando o melhor para a personagem", afirma. Na trama de Rosane Svartman e Paulo Halm, Marina dá vida a Eliza, menina que sai de sua cidade natal, Campo Claro, para tentar a vida no Rio de Janeiro. Chegando na capital fluminense, a mocinha vai viver na rua, e é assaltada. Até que conhece Jonatas (Felipe Simas), rapaz romântico que a protege dos riscos da cidade grande.

Mariana Ruy Barbosa e Felipe Simas
Depois de fugir de casa, Eliza (Mariana Ruy Barbosa) vira vendedora de balas e flores nas ruas cariocas e é protegida pelo personagem de Felipe Simas

Registro real

Como parte da preparação, Marina e Felipe tiraram um dia para sentir na pele como é a vida de um trabalhador de rua. Eles venderam balas e flores no sinal por cinco horas. "Estar do outro lado, convivendo com essa realidade, traz outra visão da vida. Quando vai anoitecendo, vai chegando a madrugada, a situação vai ficando mais pesada. Mas isso nos ajudou muito na construção dos personagens. Algumas pessoas acabaram nos reconhecendo nas ruas", conta.

Transformação de visual

Marina Ruy Barbosa
Marina acredita que a caracterização mais próxima a uma pessoa que vive na rua a ajudou a se sentir na personagem. "O cabelo desgrenhado, a pele manchada, a falta de maquiagem e de figurino, ajuda a você se sentir dentro do papel. Não cabe para a personagem ter alguma vaidade. Mas vão ter muitas transformações durante a trama", comenta a ruiva que, na vida pessoal, cuida muito da aparência. Sou vaidosa, mas por causa de um trabalho vale tudo. E o importante é você estar contando bem aquela história. Acho ótimo e eu estou dentro", acredita. Vale lembrar que a atriz teria se recusado a raspar o cabelo para a Nicole, de Amor à Vida (2013), que lutava contra um câncer.


Meiga e delicada
Marina Ruy Barbosa
Com a Eliza, Marina revela que não tem nenhuma intenção a não ser entreter o público, mesmo com a possibilidade de desmitificar a imagem de meiga e delicada que a atriz tem. "Acho que isso é uma construção. Já fiz vários personagens que me deram a chance de fazer um pouco isso. Com a rebelde Vanessa, de Escrito nas Estrelas (2010). Em Amorteamo (2015), foi completamente diferente de tudo o que eu já tinha feito. Foi um trabalho de expressionismo, que tinha outra pegada , uma louca noiva cadáver, meio psicopata", afirma.

Moça romântica

Fábio Assunção e Marina Ruy Barbosa
A vida de Eliza vai virar de ponta a cabeça quando ela conhecer Arthur (Fábio Assunção). Ele vai ajudá-la a vencer o concurso Garota Totalmente Demais e virar modelo. Para Eliza, Arthur é um príncipe encantado. "Sou romântica, mas no caso da Eliza, Arthur é realmente um príncipe", brinca.

Fábio Assunção e Marina Ruy Barbosa
O ano de 2016 vai se encerrar com um gostinho especial para Marina Ruy Barbosa. Comemorando seu primeiro papel como protagonista na novela global Totalmente Demais, a atriz deixou a vaidade de lado e mergulhou de cabeça no universo simples e rústico de Eliza, que chega ao Rio de Janeiro fugindo do assédio do padrasto, Dino (Paulo Rocha), e vê sua vida mudar quando o empresário Arthur (Fábio Assunção) decide transformá-la em uma grande top model. Nada mal para a incansável Marina, que praticamente emendou o trabalho atual na fantástica série Amorteamo e na novela Império, onde, na pele da ninfeta Maria Ísis, deu o que falar em seu par romântico com o galã maduro Alexandre Nero.

2018 - Deus Salve o Rei

Marina Ruy Barbosa vai viver mais uma mocinha em sua carreira. Será a Amália de Deus Salve o Rei, que estreia no próximo dia 09 e vai substituir Pega Pega na faixa das sete na Globo.

Você sabia?
Ruy Barbosa
Marina é tataraneta do político, diplomata, jurista e escritor Ruy Barbosa. O parentesco histórico é por parte do pai.

"Vivemos personagens que permitem uma discussão dentro das casas das pessoas. E bom ser o instrumento que leva à reflexão, que gera interesse em tratar de assuntos como liberdade e direitos da mulher", Marianç Ruy Barbosa, à Vogue.


Na telinha

2002 - Sabor da Paixão
Marie
2004  - Começar de Novo
Aninha
2005 - Belíssima
Sabina Rocha
2007 - Sete Pecados
Isabel 
2009 - TV Globinho
Ela mesma
2009 - Tudo Novo de Novo
Beatriz
2010 - Escrito nas Estrelas
Vanessa
2011 - Morde e Assopra
Alice Alves
2012 - Amor Eterno Amor
Juliana Petrini
2013 - Amor à Vida
Nicole Veiga
2014 - Império
Maria Ísis
2015 - Amorteamo
Malvina
2015 - Totalmente Demais
Eliza
2018 - Deus Salve o Rei
Amália

Por Thomaz Rocha

Publicado na revista Minha Novela
Edição de 13 de novembro de 2015 n/n 845
Totalmente Demais
Vida de artista

Por Rose Delfino da revista Tititi n/n 896 de 13/11/2015

Texto: Flavia Serra TV Brasil

Texto: Redação da revista TV Brasil n/n 822/936
Trajetória
Fotos: pt.wikipedia.org