quarta-feira, 16 de abril de 2014

Juliana Paes


Juliana Paes
No ar em Totalmente Demais, a atriz começou a carreira como a doce Ritinha em Laços de Família.Desde criança, Juliana Paes sempre foi extrovertida e encantava por seu jeitinho simpático. Sua primeira opção de carreira era ser publicitária. Para pagar a faculdade ela tinha que trabalhar distribuindo panfletos em feiras e participava de comerciais. Foi nessa época que surgiu então a chance de fazer o primeiro teste para uma novela.

Juliana Paes e Alexandre Borges
No papel da arrumadeira Ritinha na novela "Laços de Família"(2000), par de Alexandre Borges.
Antes de se formar, Juliana recebeu a ligação de  Ricardo Waddington, diretor da Globo. Ele tinha visto uma foto sua e queria testá-la para um papel. Após vários testes, ela foi escolhida para viver Ritinha em Laços de Família. a personagem era a empregada de Alma (Marieta Severo) e Danilo (Alexandre Borges) e se envolvia com o patrão. Ritinha ficava grávida de gêmeos e morria no parto. Ali começou a ascensão de uma grande atriz.  

A Golpista
Juliana Paes na novela O Clone

Depois de Ritinha, Juliana ganhou o papel da oportunista Karla em "O Clone" (2001), de Gloria Perez. A jovem era filha de Odete (Mara Manzan), que a incentivava a arrumar um marido rico. Por isso, ela termina o namoro com Xande (Marcello Novaes) e vive em busca de um romance lucrativo. No final, consegue dar o golpe da paternidade em Tavinho (Victor Fasano).


Aspirante a celebridade

Juliana Paes
Em 2003, a atriz integrou o elenco de "A Casa das Sete Mulheres como a Princesa Teiniaguá, envolta em um mistério na região gaúcha. Para uns, ela é um espírito, para outros, uma alucinação.

Juliana Paes e Déborah Secco


Logo depois, deu vida a Jaqueline Joy em "Celebridade" (2003) Na trama de Aguinaldo Silva, seu sonho era se tornar famosa, participando de programas de TV e ter sua foto estampada nas capas de revistas. Pra lá de divertida como a Jacky Joy, arrepiou ao lado de sua amiga Deborah Secco, de quem virou amiga.
 Juliana Paes 
Bem comportada na pele de Creusa, na novela "América" (2005), com Ailton Graça. À noite, ela soltava as feras! Uma falsa beata que era santa de dia e periguete à noite, 'nora' de Neusa Borges.

Murilo Benício e Juliana Paes
Interpretou a apaixonada Guinevere na novela "Pé na Jaca" (2006) ao lado de Murilo Benício, o Arthur. 
Juliana Paes e Carmo Dalla Vecchia

Maíra na novela "A Favorita" (2008), com Carmo Dalla Vecchia.

Primeira protagonista

Rodrigo Lombardi, Juliana Paes e Márcio Garcia
Sua primeira protagonista das 9, a Maya, na novela "Caminho das Índias" (2009), entre os amores vividos por Rodrigo Lombardi e Mácio Garcia.
Glória Perez queria Juliana para protagonizar sua nova novela.Em Caminhos das Índias, ela interpretou Maya. A jovem indiana pertencia a uma tradicional família da casta de comerciantes e se apaixona por um Dalit (casta dos intocáveis), Bahuan (Márcio Garcia). Maya acaba se casando com Raj (Rodrigo Lombardi), mas se casa esperando um filho do primeiro amor, gerando grandes consequências em sua vida durante toda trama.

Na novela das 11 O Astro (2011), contracenando com Marcio Garcia e  a colega Bel Kutner. A atriz interpretou  Nina exibida às 23 h.
Juliana Paes e Marcos Palmeira

No ano seguinte participou do episódio "A Justiceira de Olinda" (2012) dom seriado  As Brasileiras, como Janaína, em cena com Marcos Palmeira.
 Juliana Paes e Humberto Martins

Logo depois foi escalada para protagonizar o remake de "Gabriela"  (2012), na qual viveu um romance com o Nacib, com Humberto Martins.Sensualíssima personagem-título, foi um de seus maiores trabalhos na telinha.


O retorno À TV
Juliana Paes
A madame Catarina Epa, linda e doce na novela "Meu Pedacinho de Chão"(2014): "Eu me sinto uma verdadeira boneca", declarou.
Depois de dar uma parada na TV por conta do nascimento de seu segundo filho, Juliana voltou às novelas em um papel completamente diferente de tudo que já havia feito. Ela deu vida à vaidosa Maria Catarina, casada com Epaminondas Napoleão (Osmar Prado) e mãe de Pituquinha (Geytsa Garcia), sua única filha.

A dona do pedaço

Juliana Paes com Samantha Schmutz
Brilha na novela das 7 Totalmente Demais (2015), como Carolina . 
Agora, na pele de Carolina Castilho, editora da revista Totalmente Demais, Juliana tem sido amada e odiada pelo público. "A gente sabia que Carolina ia começar muito dura e, aos poucos, mudaria. Fiz questão de desenhar uma personagem mutável. Ela veste máscaras de acordo com cada lugar. Na redação da revista, é agressiva e arrogante. Com Arthur (Fábio Assunção), tem uma faceta romântica. Já com a irmã ela se solta, é espirituosa e engraçada", definiu a atriz.
E para esse papel, a atriz teve que se atualizar sobre tudo que diz respeito às redes sociais. "Quando a novela começou, eu nem sabia o que era 'shippar' (torcer por um casal). Me senti uma dinossaura. Agora comecei a entender e estou me divertindo. Não importa se é Carthur (Catarina e Arthur) ou Arliza (Arthur e Eliza (Marina Ruy Barbosa). O que interessa é que as pessoas estão envolvidas com os personagens. Torço pela novela!", confessou, bem humorada.  

Na telinha

2000 - Laços de Família
Ritinha
2001 -  O Clone
Karla
2003 - A Casa das Sete Mulheres
Princesa Teiniaguá
2003 - Celebridade
Jacky Joy
2005 - América
Creusa
2006 - Pé na Jaca
Guinevere 
2008 - A Favorita
Maíra
2009 - Caminho das Índias
Maya Meetha
2011 - O Astro
Nina
2012 -  A Justiceira de Olinda
Janaína
2012 - Gabriela
Gabriela
2014 - Meu Pedacinho de Chão
Maria Catarina
2015 -  Totalmente Demais
Carolina Castilho.



 Pedro, Carlos Eduardo Bapptista e Juliana, grávida de Antônio, em maio de 2013. 


 Nos três anos de Pedro, com o caçula

Em setembro de 2008, a estrela se casou com Carlos Eduardo.

Por Adriana Dias

Publicado na revista TiTiTi
Edição: 11/04/2014 Ano 16 Nº 813
Fotos: TV Globo/Divulgação - AgNews - Reprodução Instagram - Renata Xavier.  


Por Macia Piovesan

Tititi
Edição de 27 de novembro de 2015 nº 898

Texto: Redação da revista TV Brasil n/n 828 


televisao.uol.com.br
http://mdemulher.abril.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário