domingo, 21 de agosto de 2016

As Novelas De Gabriel Braga Nunes

O ator deixou o sonho de ser guitarrista para trilhar a carreira na dramaturgia

 Gabriel Braga Nunes
Filho da atriz Regina Braga e do diretor Celso Nunes, Gabriel queria ser guitarrista e teve quatro bandas. Mas aos 18 anos, começou a fazer teatro e o instrumento ficou em segundo plano. "Deveria ter continuado com as aulas.Hoje, quando pego a guitarra, já não sai como antes", diz ele, que garante que a vida seguiu seu curso natural. "Minhas escolhas sempre estiveram associadas à urgência. Fazia o que sentia e acho que as pessoas têm que seguir sua intuição". Com novas ambições e disposto a ser ator, Gabriel se formou em Artes Cênicas pela Unicamp.

Um doce começo

Como Victor Victório na novela O Beijo do Vampiro
Mayer.Gabriel Braga interpretou Otacílio, em Uga, Uga, em 2000 e, na sequência vieram Guilherme Nunes, em Estrela Guia; Felício, de O Quinto dos Infernos, e Victor Victório, em O Beijo do Vampiro, de 2002. Neste último trabalho, ele chamou a atenção por dar vida a um vampiro aristocrático e metido a galã. Em 2004, fez participação em Senhora do Destino, como Dirceu de Castro na juventude, personagem que na segunda fase da trama foi de José Mayer.

Sucesso na Record 

Como Tony Castellamare na novela Poder Paralelo
Em 2005, Gabriel retornou à Rede Record na novela Essas Mulheres, como Fernando Seixas. Devido ao sucesso da trama, estrelou Cidadão Brasileiro, em 2006, na pele de Antônio Maciel. Em 2007 e 2008, o ator fez o papel do vampiro Sigismundo Taveira em Mutantes - Caminho do Coração e, no ano seguinte protagonizou Poder Paralelo, como Tony Castellamare. Mesmo com todo sucesso, Gabriel decidiu dar um tempo das novelas e deixou a Record.

Caminhos da vida

Como o vilão Léo, na novela Insensato Coração
Mas, quis o destino que o artista não ficasse muito tempo longe da telinha, pois foi convidado para protagonizar Insensato Coração, na Globo, como o inescrupuloso Léo. "A lembrança que tenho deste momento é de estar sentado na mesa com o Dennis Carvalho, ele pegar um calhamaço de papel de 18 capítulos, colocar na minha frente e dizer "Encara?"Então, respondi:'Estamos aí'", recordou. Ele garante que nada foi planejado, apenas aconteceu. "Teve um momento na vida em que estava tendo oportunidades legais na Record e fiquei muito feliz e orgulhoso de receber aqueles convites. Acho que a gente vai trilhando caminhos que a vida vai conduzindo. Nunca decidi trocar de emissora. As coisas foram simplesmente acontecendo", analisa.

Encantador de animais

Gabriel também brilhou em Amor Eterno Amor, de 2012. Conhecido como Barão, Carlos era um encantador de animais e foi criado em Minas. Por conta da exploração do suposto pai, fugiu e foi parar na Ilha de Marajó, tornando-se parte da família de Xavier (Chico Diaz). Ao longo da trama, Carlos descobriu que era Rodrigo, filho de Verbena (Ana Lucia Torres), sequestrado na infância.

Como Paulinho de Jesus, na minissérie global O Canto da Sereia
Em seguida, Gabriel viveu Paulinho de Jesus, na minissérie O Canto da Sereia.

Já no remake de Saramandaia, fez o professor Aristóbulo e, na trama Em Família, o astro deu vida ao atormentado Laerte.

Em Babilônia, interpretou Luís Fernando, um jornalista malandro que só queria ganhar dinheiro fácil. 

Interventor em Vila Rica

 
Como o Duque de Ega, na novela Liberdade, Liberdade
Agora, Gabriel agita Liberdade, Liberdade como o Duque de Ega. O interventor nomeado pela Coroa portuguesa chegou à Vila Rica para colocar ordem. "Entrei num momento em que a novela vai para a reta final, com situações fortes e viradas de jogo", diz Gabriel, que aumenta o mistério: "Sempre que alguém com poder entra em um recinto, as pessoas fazem uma autoavaliação. Ega tem esse papel na trama", analisa o ator, que está adorando fazer parte da história. "O texto é gostoso de estudar. Como a novela é mais curta, a história progride. O papel é espirituoso e isso é um grande diferencial", comemora o experiente ator.

Na telinha

1997 - Anjo Mau
Olavinho Jordão Ferraz
2009 - Poder Paralelo
Antônio "Tony" Castellamare
2011 - Insensato Coração
Leonardo Brandão (Léo)
23012 - Amor Eterno Amor
Carlos/Barão
2013 - Saramandaia
Professor Aristóbulo
2014 - Em Família
Laerte Fernandes
2015 - Babilônia
Luís Fernando Vidal
2016 - Liberdade, Liberdade
Duque de Ega

Texto : Núcia Ferreira

Publicado na revista TV Brasil n/n 852
Trajetória
Fotos: Globo/Record/Divulgação

http://siteessasmulheres.xpg.uol.com.br/n

Nenhum comentário:

Postar um comentário