quinta-feira, 20 de setembro de 2018

Beatriz Segall



Beatriz Segall
 A atriz Beatriz Segall morreu por volta das 12h30 desta quarta-feira (5), aos 92 anos. A causa foram problemas respiratórios. Ela estava internada no hospital Albert Einstein, em São Paulo.Segundo a assessoria de imprensa do hospital, o velório será realizado a partir das 19 horas na própria instituição e a cerimônia de cremação ocorrerá nesta quinta-feira (6), no crematório Horto da Paz, em Itapecerica da Serra, na grande São Paulo.Nasceu dia 25 de julho de 1926 no Rio de Janeiro. No início da década de 1950 ganhou uma bolsa para estudar teatro e literatura em Paris e passou a se dedicar à carreira. Foi na capital francesa que conheceu o marido Maurício Segall, filho do pintor judeu lituano Lasar Segall e da tradutora Jenny Klabin, com quem se casou em 1954 e teve três filhos, Sérgio, Mário e Paulo.



 Na novela Água Viva com Fábio Junior
 Beatriz interpretou personagens marcantes, como Lourdes Mesquita, dede "Água Viva", em 1980, mas foi como Odete Roitman, em "Vale Tudo", de 1988, na Globo, que a atriz imortalizou uma das maiores vilãs da história da televisão brasileira. A novela está sendo reprisada atualmente pela segunda vez no canal pago Viva para comemorar seus 30 anos. 


Na novela De Corpo e Alma com Victor Fasano 
Em 1992, Beatriz Segall viveu Stella na novela "De Corpo e Alma" e emocionou o Brasil com sua homenagem à atriz Daniela Perez, protagonista da novela que foi assassinada naquele ano pelo colega de elenco Guilherme de Pádua e mulher dele na época, Paula Tomáz. 



Na novela Lara com Z
Beatriz voltou para a Globo em 2011 na série "Lara com Z" erá uma vilã de Aguinaldo Silva, aos 85 anos e com 59 de carreira, Beatriz Segall volta a interpretar uma vilã na Rede Globo após 9 anos de afastamento da emissora.A convite do autor Aguinaldo Silva e do diretor Wolf Maya , ela será a vilã Maria Beatriz Ventura no seriado.No seriado de 14 episódios, ela será uma mulher chique, rica, elitista e vai viver em guerra com Lara Romero, vivida por Susana Vieira.


Na novela Lado a Lado com Camila pitanga

A atriz foi convidada pelo diretor Dennis Carvalho para fazer uma participação especial como madame Besançon, uma francesa que mora há anos no Rio de Janeiro, patroa de Isabel, vivida por Camila Pitanga. 



Na novela Chapagne

Em 1983, Beatriz Segall interpretou Eunice na novela "Champagne"


Na novela Pai Herói com Emiliano Queiroz

Como Norah limeira Brandão viúva de Ângelo, filho de Januária (Lélia Abramo). É apaixonada por Horácio (Emiliano Queiroz), seu cunhado, e os dois vivem um romance proibido. Mesmo sem a aprovação de Januária, se casam numa cerimônia simples, com a presença de parte da família.
Na novela Sol de Verão
Laura Porto na novela Sol de Verão foi mãe de Rachel (Irene Ravache), avó de Clara (Débora Bloch). Viúva há dois anos, inteligente, sutil e apegada às tradições. Mora em Ipanema.



Na novela A,E,I,O, Urca



Beatriz Segall fez uma condessa falida de A, E, I, O… Urca (1990), "AEIO... Urca" reviveu a época áurea do Cassino da Urca, nos anos 40 ambientada no Cassino da Urca nas décadas de 1930 e 1940 



Na novela Vale Tudo com Carlos Alberto Riccelli 
Em 1988, na novela "Vale Tudo", Beatriz Segall eternizou Odete Roitman, uma das maiores vilãs da história da televisão brasileira. Viveu Odete Roitman, que teve um caso amoroso com César Ribeiro, interpretado por Carlos Alberto Riccelli, em 1988, na novela "Vale Tudo", Beatriz Segall eternizou Odete Roitman, uma das maiores vilãs da história da televisão brasileira.O Brasil parou em janeiro de 1989 para descobrir quem matou Odete Roitman em "Vale Tudo". O suspense foi mantido até o último capítulo, no qual foi revelado que a vilã foi assassinada por engano por Leila (Cássia Kiss).
 Na novela Barriga de Aluguel com Mario Lago
Beatriz Segall como Miss Penélope Brown em "Barriga de Aluguel", em 1990. 

Na novela De Corpo e Alma com Victor Fasano 
Beatriz Segall contracena com Victor Fasano em "De Corpo e Alma", de 1992.
Na novela Sonho Meu com Fábio Assunção

A atriz viveu Paula Candeias de Sá em "Sonho Meu" (Globo), de 1993


Na novela Anjo Mau com Gabriel Braga Nunes
Uma das personagens marcantes da atriz também foi como Clotilde Jordão, tia de Olavinho, personagem de Gabriel Braga Nunes em "Anjo Mau", de 1998, papel marcante como a refinada Clotilde Jordão, mentora da protagonista, a babá Nice, defendida por Glória Pires.
Na novela Bicho do Mato
Depois de uma pausa na carreira, em 2006 a atriz foi convidada para atuar em "Bicho do Mato", na Record.

A última participação de Beatriz Segall na TV foi na série "Os Experientes", na Globo.

TV Globo Imagem: Reprodução/TV GloboImagem: Reprodução/TV Globo Imagem: Reprodução/TV GloboImagem: Reprodução/TV Record
gente Ig @,com.

Nenhum comentário:

Postar um comentário