quinta-feira, 28 de abril de 2016

Elas Soltam A Voz

Além de atuarem, atrizes passam pelo desafio de cantar em cena
 Carol Castro
Carol Castro já apareceu no primeiro capítulo de Velho Chico 'mandando ver' na pele da bela e sensual Iolanda, uma cantora dos bares de Salvador. E a atriz só tem a comemorar a dobradinha atriz/cantora. "Felicidade máxima por estar vivendo essa experiência única e enriquecedora. Muito aprendizado, muita dedicação e muito carinho por esse trabalho", comemorou. Para compor a personagem, a morena estudou canto com a professora Agnes Moço e teve um repertório de músicas da época da Tropicália, movimento cultural que incendiou toda uma geração nos anos 60.Mas não é de hoje que as aulas de canto fazem parte da vida de Carol.
 Carol Castro como a cantora Iolanda, em Velho Chico.
Apesar de não ter nenhuma pretensão de investir na carreira musical, a bela já havia usufruído do canto para fazer bonito em outros trabalhos. "Comecei a fazer canto para um musical que encenei no ano passado. Isso me deu tempo de voo para cantar em cena, já que ficamos quatro meses em cartaz. É um encontro musical e sempre tive esse tipo de 'cena' em casa, rodeada de cantores', lembrou a atriz.

Outras atrizes já mostraram talento vocal na telinha e fizeram bonito.

Adriana Esteves: - Dalva e Herivelto

 Adriana Esteves
Diante de tamanha responsabilidade, já que interpretaria uma das maiores cantoras que o Brasil já teve, Adriana Esteves preferiu dublar Dalva de Oliveira, na minissérie que obteve grande sucesso de crítica.Além de mergulhar na vida e na obra da artista, a atriz precisou fazer aulas de fono, canto e lip sync (sincronia labial), tudo para dublar corretamente as canções. "A voz que se ouvia não era a minha, era a da Dalva. Eu só dublava. Mas para não ficar nada forçado, tinha que fazer muito bem", lembrou 'Drica', que na história interpretou a cantora dos 19 aos 55 anos. 

Larissa Maciel: - Maysa -  Quando Fala o Coração

 Larissa Maciel
Apesar de ter feito aulas de canto e expressão vocal durante meses, a atriz também não pode soltar a voz para viver Maysa na série sobre a vida da cantora. De acordo com Germana Guilhermme (que acompanhou a preparação de Larissa), a genética impossibilitou que a estrela colocasse também sua voz a favor da personagem. "O tom de Larissa é mais agudo do que o de Maysa", disse a preparadora. Então, a atriz se concentrou na expressão corporal e dublou os musicais.A decisão, porém, não a fez abrir mão de cantar em cena. A voz só não foi  ao ar, mas se desligassem as caixas de som todos escutariam Larissa cantando. "Não dá para interpretar sem cantar, sem vivenciar a cena", revelou a atriz.

Ísis Valverde: - O Canto da Sereia

Ísis Valverde
A atriz já disse que o papel de Sereia foi um divisor de águas em sua carreira. Ela não só teve que subir em cima de um trio elétrico, mas ainda soltar a voz como uma 'baiana arretada'. Para se preparar, Ísis teve aulas de canto, prosódia e expressão corporal. Baseada no romance de Nelson Motta, a história mostrou os bastidores da vida da personagem Sereia, uma grande estrela da música pop, assassinada no alto de um trio elétrico durante a terça-feira de carnaval, em Salvador. "Foi uma responsabilidade! Primeira minissérie da minha vida e, quando peguei esse projeto, falei: é uma personagem incrível e humana. Ela era amparada pelo amor dos fãs, enfrentou uma coisa difícil que era a morte e cumpriu o papel de artista", analisou Ísis.

Cláudia Abreu,Isabelle Drummond, Leandra Leal e Taís Araújo - Cheia de Charme

Cláudia Abreu

Isabelle Drummond, Leandra Leal e Taís Araújo
Cheia de Charme fez quatro atrizes despertarem, de uma só vez, a vocação para cantar. Cláudia Abreu viveu Chayene (cantora em decadência e sempre em busca de fazer sucesso novamente). E a atriz soltou a voz de verdade. "Sempre estudei canto, mas estava parada havia cinco anos. Não sou nenhuma Marisa Monte, mas me viro. Só não gosto de me ouvir cantando", disse Cláudia. Leandra Leal, Taís Araújo e Isabelle Drummond interpretaram as domésticas que formaram o grupo As Empreguetes, e fizeram muito bonito quando cantavam na atração. O grupo foi um sucesso!

Texto: Núcia Ferreira

Publicado na revista TV Brasil n/n 836
Dois em Um
Fotos: Rede Globo/Divulgação/Reprodução/extra.globo.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário