segunda-feira, 1 de agosto de 2016

As Novelas De Kadu Moliterno

Kadu Moliterno

"A record sempre foi uma opção para quem trabalha na televisão.Estava no mercado e, como qualquer profissional, tenho que trabalhar para pagar as contas".

Ficha técnica

Nome: Carlos Eduardo Moliterno
Data de nascimento: 20/06/1952
Local de nascimento: São Paulo/SP
Idade: 64 anos
Signo: Gêmeos
Último trabalho: Atualmente o ator está em A Terra Prometida, como o ambicioso guerreiro Acã
Status de relacionamento: Kadu namora a bela personal trainer Cristianne Rodriguez
Curiosidade: Conhecido pelo papel do surfista Juba, de armação Ilimitada, antes de virar ator ele chegou a trabalhar na Companhia de metrô de São Paulo, na qual foi demitido por se recusar a usar gravata. Sua primeira novela foi As Pupilas do Senhor Reitor, mas ele ficou mais conhecido após a segunda versão de Selva de Pedra. Depois de anos na Globo, assinou contrato com a Record.

A 'brincadeira' do moço que virou coisa séria

1970 - As Pupilas do Senhor Reitor




Como Pedro das Dorna na novela As Pupilas do Senhor Reitor
Até os 18 anos, Kadu Molitern nunca imaginou que seria um ator de destaque na dramaturgia brasileira. Só que parece que o destino deu um empurrão para que a vida daquele jovem contínuo de uma agência publicitária se transformasse, quando ele foi convidado a participar como modelo fotográfico para um editorial da revista Cláudia. O trabalho chamou a atenção do diretor Dionísio Azevedo que, na ocasião, estava escalando o elenco para uma novela da TV Record e convidou Kadu para fazer um teste para As Pupila do Senhor Reitor, em 1970. Ele passou e interpretou Pedro das Dorna na juventude. E bastou isso para que Kadu sentisse o gostinho de ser ator e não largasse mais a profissão. 

Encontro com Janete Clair

1972 - Selva de Pedra


Como Osvaldo na novela Selva de Pedra
Depois das novelas da Record, Kadu se aventurou no teatro e teve a certeza de que era aquilo mesmo que queria. Um dia criou coragem e bateu à porta de Janete Clair e pediu um papel em uma das suas tramas. De certo! A autora lhe deu o motorista Osvaldo na primeira versão de Selva de Pedra, em 1972. Ele nunca esqueceu a gravação da sua primeira cena. "Nilton Cupelo me apresentou ao Walter Avancini, dizendo: "Este é o Carlos Eduardo. Veio fazer o Osvaldo". Avancini olhou para mim e disse: Corta o cabelo do garoto. Daqui a 15 minutos no estúdio". Minha mão tremeu e foi a fala mais difícil da minha vida: "O dr. Bartolomeu está aí fora aguardando", relembrou.

Primeiro surfista

1975 - A Viagem


Kadu Moliterno,Haroldo Botta e Carlos Alberto Riccelli
Como  Caíto na novela A Viagem
Na Tupi, kadu atuou na primeira versão de A Viagem, de Ivani Ribeiro

1978 - O Pulo do Gato

Como Billy na novela O Pulo do Gato
Depois voltou à Globo para viver o surfista Billy, em O Pulo do Gato

Naquela época, Kadu não pegava onda. Mesmo assim, aceitou o convite. O ator conta que comprou uma prancha e passou a praticar diariamente. Em seu primeiro dia de gravação, quase se afogou e foi substituído por um dublê. Mas o incidente não impediu que fizesse sucesso como surfista.

1980 - Água Viva
 Kadu Moliterno e Glória Pires
Como Bruno Simpson na novela Água Viva
Fez o casal romântico com Sandra Fragonard (Glória Pires). Era um fotógrafo famoso que fazia parte da equipe de pesca de Nélson (Reginaldo Faria). Água Viva foi a primeira parceria entre Gloria e Kadu, vivendo um casal romântico. Os atores, com muita química em cena, são bastante recorrentes entre pares românticos de novelas. 

Zé Eleutério, o filho do diabo

1982 - Paraíso
Cristina Mulins e Kadu Moliterno
Como José Eleutério na novela Paraíso
A partir daí, o ator emendou uma novela na outra. Em 1982, viveu o protagonista de Paraíso. Acostumado a andar a cavalo e a tirar leite de vaca devido às viagens que fazia ao interior de São Paulo, o ator logo se identificou com José Eleutério, um peão que se apaixonava por Maria Rita (Cristina Mulins), filha de uma beata que era considerada uma santa na cidade. "Sempre que me perguntam sobre os melhores trabalhos de minha carreira, cito Zé Eleutério, 'filho do diabo', em Paraíso. Acho que ali me consagrei definitivamente", acredita.

1984 - Partido Alto

Glória Pires e Kadu Moliterno
Como o surfista Werner na novela Partido Alto
Fez o  surfista Werner apaixonado por Celina ( Glória Pires).


Uma dupla do barulho

1985 - Armação Ilimitada

André de Biasi,Andrea e Kadu Moliterno
Se em O Pulo do Gato Kadu precisou de dublê para surfar, o esporte acabou se tornando parte de sua vida. E foi por causa do surfe que ele começou uma amizade com André de Biasi. Então, os dois levaram para Daniel Filho um projeto que envolvia esportes e aventura que foi aprovado. Aí, Kadu e André inovaram e fizeram muito sucesso com Armação Ilimitada, série que estreou em 1985. O trio de protagonistas era formado pelos sócios Juba (Kadu Moliterno) e Lula (André de Biali) e pela jornalista Zelda (Andrea Beltrão), que namorava os dois. As cenas de ação era feitas pelos próprios atores. O seriado ficou quatro anos no ar. Até hoje, Kadu é chamado de Juba. "Marcou para sempre. Eu e André levávamos as ideias para os autores e eles nos davam liberdade. Foi excepcional", orgulha-se.

1991 - O Dono do Mundo

Kadu Moliterno e Glória Pires
Como Rodolfo na novela O Dono do Mundo
Kadu Moliterno fez o papel de Rodolfo um jornalista, rico e sedutor, que ao encontrar uma ex-colega de faculdade,Stella (Glória Pires) se apaixona e daí começa a dar sentido a sua vida.

Um vilão da pesada

O artista protagonizou ainda o remake de Anjo Mau.Também fez Suave Veneno, Porto dos Milagres, o remake de Paraíso e Alto Astral,última trama dele na Vênus Platinada. 

1997 - Anjo Mau

Glória Pires e Kadu Moliterno
Como Rodrigo na novela Anjo Mau
O artista protagonizou ainda o remake de Anjo Mau.Glória Pires fez a babá Nice, que queria casar com Rodrigo e lutou contra as maldades de Paula (Alessandra Negrini) que era sua noiva.

1999 - Suave Veneno

Letícia Spiller, Kadu Moliterno, Cecília Dassi e Herval Siqueira 
Como Álvaro Figueira na novela Suave Veneno
Era casado com Maria Regina (Letícia Spiller) e pai de Paty (Cecília Dassi) e Rafael (Herval Siqueira). Um alto executivo da Marmoreal, empresa de seu sogro.

2001 - Porto dos Milagres 

Paloma Duarte e Kadu Moliterno
Como Rodrigo Feitosa na novela Porto dos Milagres
 Ele era o médico da cidade,  poeta nas horas vagas, e um cético na maior parte do tempo.Apaixonado pela professora Dulce (Paloma Duarte).

2014 - Alto Astral


Elizabeth Savala e Kadu Moliterno
Como Pedro Romantini na novela Alto Astral
Pedro (Kadu Moliterno), era casado com Tina (Elizabeth Savala), rico, mas mau caráter,morre num grave acidente quando seu carro cai na ribanceira e explode .Foi a sua última trama dele na Globo.

2016 - A Terra Prometida

Kadu Moliterno
Como Acã na novela A Terra Prometida
No início deste ano, o ator aceitou o convite da Record para fazer A Terra Prometida. Na trama, ele vive um dos maiores vilões de sua carreira. "Por ser uma novela Bíblica e por ser o grande vilão da novela, considero este o trabalho mais importante da minha carreira. Veio para coroar os meus 46 anos de profissão. Comecei a atuar em 1970, posso dizer que já fiz de tudo na TV. Todos os personagens que você pode imaginar: de comédia, drama, seriado. Tive uma marca muito forte com a questão do esporte. Joguei tênis, fui surfista, mas nada chega perto da importância do Acã. Ele é um personagem muito diferente de tudo o que já fiz.Isso está me surpreendendo também como ator", afirma Kadu Moliterno.

Na telinha 

1970 - As Pupilas do Senhor Reitor
Pedro das Dornas jovem
1972 -  Selva de Pedra
Oswaldo Paiva Netto
1975 - A Viagem
 Caíto
1978 - O Pulo do Gato
Billy
1980 - Água Viva
Bruno Fraga Simpson
1982 - Paraíso
José Eleutério (Zeca)
1984 - Partido Alto
Werner 
1985 - Armação Ilimitada
Juba
1991 - O Dono do Mundo
Rodolfo
1997 - Anjo Mau
Rodrigo
1999 - Suave Veneno
Álvaro Figueira 
2001 - Porto dos Milagres 
Rodrigo Feitosa
2014 - Alto Astral
Pedro Romantini
2016 - A Terra Prometida
Acã.

Texto: Núcia Ferreira

Publicado na revista TV Brasil n/n 851/867

Fotos: Glogo/Record/Digulgação-Astros em Revista-Gshow - Globo.com-Zappiando-ISTOÉ Gente-CEDOC/TV GloboFabiano Battaglin / Gshow-http://canalviva.globo.com-mundo novelas

Nenhum comentário:

Postar um comentário