quinta-feira, 13 de outubro de 2016

A Novela Coração De Estudante


Conflitos acadêmicos
A Novela mostrava a rotina de estudantes universitários em uma pequena cidade mineira
Reviravolta - Como toda novela que se preze, essa foi uma trama marcada por muitos conflitos afetivos e grandes revelações
Fábio Assunção, Adriana Esteves e Pedro Malta
Edu e Amelinha se casaram após a moça inventar que esperava um filho dele.

A história de Coração de Estudante começou com a chegada do professor de biologia Eduardo Feitosa (Fábio Assunção) à cidade fictícia de Nova Aliança, no interior de Minas Gerais. O bonitão se transferiu para o município com o objetivo de dar aulas na Universidade Estadual e também para firmar noivado com Amélia (Adriana Esteves), a mimada filha de João Mourão (Cláudio Marzo), um dos maiores fazendeiros daquela região. Ele chegou à cidade com o filho Lipe (Pedro Malta).
Fábio Assunção e Helena Ranaldi
Eduardo e Clara tornaram-se os principais rivais de João Mourão e seus desmandos na cidade.
Mas, nem tudo saiu como planejado. Edu conheceu Clara (Helena Ranaldi) e se apaixonou pela moça, deixando Amélia irada. Esse triângulo amoroso deu o que falar e foi responsável pelos maiores barracos na trama.

Nova aliada


Clara era uma jovem advogada e, idealista, lutava com todas as suas forças contra os desmandos do prepotente João Mourão, numa disputa judicial por terras que já durava anos. Além disso, a moça era professora e responsável pelo escritório modelo do curso de Direito da Universidade local. O problema era que João Mourão pretendia construir uma usina hidroelétrica numa área de floresta que ficava bem no limite entre o campus universitário e a Fazenda Vitória, de sua propriedade. No entanto, a faculdade e os moradores da região lutavam na Justiça para que o enorme espaço de mata virgem fosse transformado em área de preservação ambiental. O bondoso Edu, claro, aderiu à luta logo que ficou sabendo de tudo, e ainda tendo a bela Clara como aliada. A decisão popular foi o que bastou para que uma grande guerra fosse declarada na cidade entre a advogada Clara e a ambiciosa e mimada Amélia.

Diversão garantida

Por se tratar de uma história ambientada no universo acadêmico, o dia a dia dos estudantes também mereceu destaque no folhetim. Longe da família e de casa, o que  os jovens mais queriam mesmo era se divertir. Eles viviam conciliando os estudos, as paixões e as farras da faculdade.
Cláudio Heinrich
Baú era um dos alunos mais descolados do campus
Carlos (Rodrigo Prado) Baú (Cláudio Heinrich), Cardosinho (Betito Tavares) Rosana (Alinne Moraes) e Bruna (Michelle Birkheuer) receberam dois novos calouros na república: Rafaela (Júlia Feldens) e Fábio (Paulo Vilhena).
Júlia Feldens
A novata Rafaela era tímida e só queria saber de estudar
Séria e estudiosa, Rafaela não se deixava abalar pelo grande assédio de Carlos, enquanto despertava o amor verdadeiro em Fábio e no jovem Mateus (Caio Blat) - filho de Esmeralda (Ângela Vieira), dona de um movimentado bar na cidade. Mateus não era visto com bons olhos pelos estudantes por seu jeito arrogante, temperamental e nada amigável.
Cláudio Marzo
O cantor e compositor Bentito de Paula disse em uma de suas músicas que "acaba a valentia de um homem, quando a mulher que ele ama vai embora. Muita coisa muda nessa hora, e o mais valente dos homens chora".No caso de João Mourão (Cláudio Marzo), em Coração de Estudante, o perverso fazendeiro mudou da água para o vinho após tomar um fora de Esmeralda (Ângela Vieira).
Ângela Vieira
Acostumado a ter tudo o que queria, ele se interessou pela moça no passado, e a teve como amante. No entanto, romperam, e ela - mulher de fibra e corajosa - não cedeu mais às investidas do fazendeiro. Pelo contrário, passou a se rebelar contra ele. Preterido, João Mourão passou a cobrar de Esmeralda uma dívida altíssima.

Outra filha
Helena Ranaldi
Clara descobriu que era filha de João Mourão
Por trás de toda aquela maldade, na verdade, se escondia um homem que sofria de amor. Na trama, João Mourão se encantou também por outra mulher: Clara (Helena Ranaldi), a competente advogada da faculdade. Ela estava movendo um processo contra João e, em meio a toda aquela pendenga judicial, o velho acabou descobrindo que a jovem era, na verdade, sua filha. Quem não gostou nada dessa novidade foi a mimada Amelinha (Adriana Esteves).

Paternidade mentirosa

Adriana Esteves
A mimada Amélia
Tal novidade só fez aumentar o ódio de Amelinha por Clara, afinal, as duas estavam disputando o amor de Edu (Fábio Assunção). E para conquistar o professor de vez, Amelinha jogou baixo e inventou para o noivo bonitão que estava grávida. A gestação era verdade, no entanto, a paternidade equivocada. 
Vladimir Brichta
O filho era na verdade de Nélio (Vladimir Brichta), ex-peão da fazenda e um  homem completamente apaixonado pela jovem ricaça.

Disputa da guarda

Conviver com Amelinha não era uma tarefa fácil. A dondoquinha vivia dando seus chiliques e não podia de forma alguma ser contrariada que já fazia um escândalo. Cabia a Edu aturar todo aquele tormento. E, como se não  bastassem esses conflitos, o professor universitário ainda travava na Justiça uma briga pela guarda do filho, Lipe (Pedro Malta).

Carolina Kasting
Mariana decidiu se tratar do alcoolismo e deixou Edu em paz
A mãe do garoto, Mariana (Carolina Kasting), chegou à Vila Aliança após tentar se recuperar do alcoolismo. Apesar da doença, conseguiu a guarda do menino, que passou a morar com ela e seu namorado, Leandro (Marcello Antony), professor mau caráter que nunca se deu bem com Edu e queria prejudicar ainda mais o seu rival, 'tomando-lhe' o filho.

Mais confusão
Bruno Garcia
E a situação de Edu piorou muito na trama. Além de lutar na Justiça pela guarda de Lipe e se preocupar com o filho que Amelinha estava esperando (e que acreditava ser seu), o professor viu sua relação com Clara cair por terra. Para complicar ainda mais, Pedro Guerra (Bruno Garcia) -  o então novo promotor público da região e bastante apaixonado por Clara - chegou à Vila Aliança e passou a também disputar o amor da morena.

O amor sempre vence

Apesar de amar Clara, Edu estava numa situação complicada e acabou se casando mesmo com Amelinha, principalmente para ajudar no processo de guarda de seu filho. Meses depois a 'patricinha' teve seu bebê, Joãozinho e, para sua surpresa, o garoto nasceu com síndrome de down. 
Marcello Antony
No final da trama. Leandro tentou levar Lipe à força para o exterior, mas acabou desmascarado pela própria namorada. Mariana armou para que o vilão caísse numa armadilha. Ele confessou seus crimes e foi preso. Nélio descobriu que Joãozinho era seu filho. Amelinha se redimiu e, finalmente, confessou seu amor pelo peão.

Fábio Assunção e Helena Ranaldi

 Depois de muitos percalços, Clara e Edu finalmente tiveram um final feliz, ao lado de Lipe.

Curiosidade

Maria Adelaide entregou a sinopse de Dança da Vida, que substituiria A Padroeira (em baixa na audiência), quando a Justiça determinou que a novela não entraria no ar em razão de seu conteúdo político (por se tratar de um ano de eleições 2002). Foi então que Emanuel Jacobina foi chamado às pressas para escrever Coração de Estudante.

Texto: Núcia Ferreira

Publicado na revista TV Brasil n/n 862/863.
Fotos: Divulgação/Globo - Veja São Paulo - Abril.com - AdoroCinema-Yahoo Finanças-Gshow-Globo.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário