sábado, 29 de outubro de 2016

A Novela O Cravo E A Rosa

Uma doce megera
Entre tapas e beijos
O romance de Catarina e Petruchio embalou o horário das 18 horas nos anos 2000
Depois de muitas brigas, o caipira finalmente conseguiu domar a megera

Eduardo Moscavis e Adriana Esteves
Catarina e Petruchio viviam às turras , mas se apaixonaram de verdade e viveram momentos hilários na trama

Inspirada no clássico A Megera Domada, de William Shakespeare, a novela O Cravo e a Rosa contou a história de amor do rude caipira Petruchio (Eduardo Moscavis) e da geniosa Catarina (Adriana Esteves). Enquanto o matuto era o típico homem machista, a filha mais velha do banqueiro Nicanor Batista (Luis Melo) tinha ideias moderninhas e feministas demais para a cidade de São Paulo dos anos 20. Mesmo assim, quis o destino (e as circunstâncias) que os dois se apaixonassem e vivessem uma história de amor daquelas!

Torcida por casório

Luis Melo
Catarina morava com seu pai e a irmã mais nova, Bianca (Leandra Leal). Preocupado com o gênio difícil da filha, Batista queria vê-la casada logo, porém, rejeitava a ideia de uni-la a um caipira. Seu sonho era ver Catarina com Serafim (João Vitti), jornalista carioca que comprou a Revista Feminina .Já Bianca só queria ver a maninha casada, já que, assim, teria permissão para se unir a seu príncipe encantado depois da união da irmã mais velha. Mas Catarina gostava de ser uma mulher independente e não queira nem saber de casório.   

Turma do barulho

Ana Lucia Torres,Pedro Paulo Rangel,Vanessa Gerbelli e Taumaturgo Ferreira

Enquanto isso, Petruchio vivia em sua fazenda, que não ia nada bem financeiramente. Lá, ele tinha a companhia de Neca (Ana Lucia Torres), que praticamente o criou, e de seu fiel ajudante Calixto (Pedro Paulo Rangel).Quem também foi criada na fazenda era Lindinha (Vanessa Gerbelli), sobrinha de Calixto, que cresceu nutrindo um amor platônico pelo patrão. O núcleo contava ainda com Januário (Taumaturgo Ferreira), um caipira bronco que tinha uma porca de estimação a quem tratava como se fosse sua filha. E a sorte desse matuto mudou quando ele descobriu que era filho do rico Joaquim (Carlos Vereza).
Carlos Vereza e Taumaturgo Ferreira

Um pequeno empurrãozinho

Maria Padilha,Ney Latorraca e Rodrigo Faro
Foi Dinorá (Maria Padilha) quem teve a ideia de aproximar Catarina e Petruchio. Dissimulada, a mulher de Cornélio (Ney Latorraca) queria colocar as mãos no dinheiro de Batista e, para isso, tentou arranjar um casório entre Bianca e seu irmão Heitor (Rodrigo Faro), bon vivant mau-caráter. Para concretizar o plano, Dinorá entregou a dívida de Petruchio com Cornélio ao agiota Normando Castor (Cláudio Corrêa e Castro) que, quando cobrou, exigiu a fazenda como pagamento. Assim, Dinorá sugeriu ao caipira que seduzisse Catarina e depois usasse o dinheiro da família da esposa para pagar sua dívida. 

Guerra dos sexos

Eduardo Moscavis e Adriana Esteves
Desesperado, Petruchio começou a fazer a corte à Catarina, fingindo-se de submisso e deixando que ela o manipulasse. Após muita resistência, a moça aceitou se casar com ele para se livrar da pressão do pai e ajudar a irmã. A vida de casados, porém, foi um inferno, já que os dois eram extremamente geniosos. Catarina tinha frequentes crises de cólera e atirava na cabeça de Petruchio tudo o que encontrava pela frente. Cm o tempo, no entanto, começou a perceber as qualidades do marido e se apaixonou por ele de verdade. Petruchio também sentiu o mesmo pela mulher, mas ninguém dava o braço a torcer.

Um príncipe encantado

Ângelo Antônio e Leandra Leal
Com Catarina casada com Petruchio, Dinorá (Maria Padilha) seguiu o plano de aproximar Heitor (Rodrigo Faro) de Bianca(Leandra Leal). O pilantra conquistou o coração da jovem com poemas, que eram escritos pelo professor Edmundo (Ângelo Antônio), homem apaixonado pela moça, mas que não tinha coragem de se declarar. Edmundo retratava seus sentimentos nos poemas, mas sofria por não poder colher os louros da façanha. Ao longo da história, Bianca descobriu que Heitor estrava só interessado em seu dinheiro. Então, com a ajuda de Cornélio(Ney Latorraca), o professor finalmente conseguiu falar sobre sua paixão e conquistou a amada.

João Vitti 
Serafim era o pretendente da rebelde Catarina
Taumaturgo Ferreira 
O caipira Januário ficou rico ao descobrir que era filho de Joaquim
Ângelo Antônio
O romântico professor Edmundo era apaixonado por Bianca
Carlos Vereza
O casamento com Catarina (Adriana Esteves) podia não correr às mil maravilhas, mas o que preocupava Petruchio era não perder suas terras. Mesmo depois de casado, o fazendeiro não conseguiu resgatar a dívida com o agiota, porque Joaquim de Almeida Leal (Carlos Vereza)se adiantou a ele. Fazendeiro poderoso, ele tinha ódio de Petruchio, a quem considerava culpado pela 'perdição' de Muriel (Dricas Moraes), sua única filha. No passado, ela se apaixonou pelo fabricante de queijos, mas foi rejeitada e sofreu. O pai a enviou para estudar na Suíça, onde ela seguiu uma vida dissoluta. Como vingança, Joaquim pressionou Petruchio.

Uma vilã da pesada 

Drica Moraes
A reviravolta maior na trama foi quando Muriel ( Drica Moraes) - que passou a atender pelo nome de Marcela - chegou da Europa acompanhada pelo fiel escudeiro Ezequiel (Déo Garcez) e disposta a conquistar Petruchio. Quando soube do casamento do moço com Catarina, seduziu Batista (Luis Melo) por interesse e o usou para destruir a vida da rival. Mesmo com várias armadilhas de Marcela e Lindinha (Vanessa Gerbelli), Petruchio e Catarina finalmente admitiram o amor um pelo outro, ainda mais que a bela descobriu que estava grávida. E a má notícia do casamento de Batista com Marcela pareceu trazer uma vantagem para o casal: o banqueiro pretendeu entregar para a filha várias apólices do seu banco, o que a tornaria muito rica. Com essa atitude do pai, a rebelde Catarina poderia melhorar sua vida com Petruchio. Só que mais problemas viriam... As apólices desapareceram misteriosamente do cofre forte de Batista durante sua badalada festa de casamento.

Cai a máscara
Tássia Camargo
Não demorou muito para o banqueiro descobrir o verdadeiro caráter de sua mulher, Marcela. Ele, então, se separou da maquiavélica e decidiu viver com Joana(Tássia Camargo), com quem já tinha uma família. Marcela, porém, recusou-se a ceder o divórcio e também conseguiu roubar as promissórias da dívida de Petruchio, ameaçando tomar a fazenda, para desespero do matuto. O vendedor de queijo desconfiou que ela foi a responsável pelo roubo das apólices e, para desmascará-la, fingiu ceder à sua sedução, abandonando Catarina.

Fim do mistério

Suely Franco
A verdade sobre o roubo das apólices só apareceu no capítulo final da trama. Petruchio conseguiu reunir todos os que estavam presentes no dia do crime, durante a feste de casamento de Batista e Marcela, e pressionou-os até chegar na grande verdade. Sem saída, Marcela confessou que tentou roubar as apólices, mas não as encontrou. Heitor (Rodrigo Faro) também admitiu ter tentado, em vão. Finalmente foi revelado que o envelope com as apólices foi recolhido por dona Mimosa (Suely Franco) -  a empregada de Batista - que viu Marcela vasculhando todo o escritório do banqueiro e, desconfiada, escondeu o documento em seu álbum de fotografias.  Mimosa planejava contar tudo à Catarina, mas foi descoberta por Lindinha, que passou a chantageá-la. Como sempre teve medo do temperamento vulcânico de Catarina, a empregada se calou e passou a dar dinheiro para comprar o silêncio da malandra. 
Adriana Esteves e Luís Antônio Nascimento
Catarina ao lado do menino Buscapé, que guardou o álbum com sua fortuna
Enquanto isso, o álbum e as apólices estavam nas mãos do menino Buscapé (Luís Antônio Nascimento), que o roubara para encontrar uma foto dos seus pais. Esclarecido o mistério, o valioso álbum foi devolvido à sua verdadeira dona. Catarina, então, recuperou as apólices e voltou às boas com Petruchio.

Rodrigo Faro
O malandro Heitor tentou roubar as ações de Batista, mas não conseguiu.

Dupla de vigarista 

Drica Moraes e Rodrigo Faro
Sempre tentando levar vantagem em tudo, a diabólica Marcela  (Drica Moraes)negociou com Batista(Luis Melo) e afirmou que, se o banqueiro retirasse a queixa contra ela, lhe daria o divórcio que ele tanto desejava.O ricaço ainda pagou a dívida de Petruchio(Eduardo Moscavis) e recuperou as promissórias que estavam em poder dela que, dessa forma, não tinha mais como chantagear seu genro fazendeiro. O dinheiro foi direto para as mãos do gerente do hotel onde Marcela estava vivendo, há semanas, sem pagar as contas. Pobre e abandonada, a filha de Joaquim(Carlos Vereza) não teve alternativa e terminou a novela unindo forças com Heitor(Rodrigo Faro). Os dois passaram a formar uma dupla de vigaristas que fingiam serem irmãos para tomar dinheiro de desavisados em jogos de pôquer.

Felizes para sempre

Adriana Esteves e Eduardo Moscavis
Com a fazenda salva e nas mãos, Petruchio se dedicou mais à amada que, a essa altura, estava um doce. Apesar de continuar se mostrando uma mulher forte e de personalidade. Catarina, enfim, se entregou ao verdadeiro amor e conseguiu provar ser uma ótima esposa. A ex megera deu à luz um casal de gêmeos. Felizes, ela e Petruchio ainda prosperaram os negócios da fazenda Santa Clara.


A história se passava no ano de 1927, na cidade de São Paulo, e narrava a conturbada e divertida história de amor entre Catarina (Adriana Esteves) e Petruchio (Eduardo Moscovis). Ela era uma linda jovem, rica, da alta sociedade paulista, com comportamento feminista e disposta a jamais se casar. Petruchio era o oposto: um fazendeiro rude, analfabeto e machista.

Ney Latorraca, Leandra Leal e Maria Padilha

Porém, o destino decidiu cruzar a vida desses dois jovens. Endividado até o último fio do cabelo e com medo de perder sua propriedade, a fazenda, Petruchio aceita o plano de Dinorá (Maria Padilha), esposa de seu tio Cornélio (Ney Latorraca), de seduzir e se casar com Catarina. Ele não gosta muito da ideia, é um rapaz de bons princípios, mas as circunstâncias o obriga a compactuar com o plano. A princípio, para atrair Catarina, Petruchio se mostra um homem pacato e submisso. Catarina o manipula, isso o revolta, mas ele precisa de dinheiro para quitar suas dívidas. Só que os dois acabam se apaixonando de verdade, embora não admitam isso um ao outro.
Leandra Leal
Com esse comportamento de gato e rato entre Petruchio e Catarina, quem leva a pior é Bianca (Leandra Leal), a irmã mais nova de Catarina. Menina romântica e sonhadora, ela não vê a hora de se unir a alguém. Só que Bianca tem que enfrentar um problemão. É que seu pai, o banqueiro Nicanor Batista (Luis Melo) só irá permitir o casamento da caçula se a mais velha, no caso Catarina, casar primeiro. E esse é o grande dilema da vida de Bianca: como fazer a irmã mais velha se casar logo para que ela também possa contrair matrimônio? Diante disso, Petruchio acaba ganhando uma aliada de peso.

Por Núcia Ferreira

Reportagem de Roni Alves

Publicado na revista TV Brasil n/n 864/865
TV Brasil a revista de todas as novelas.

Ficha Técnica

Emissora: Globo
Capítulos: 221
Exibição: 26 de junho de 2000 a 09 de março de 2001
Horário: 18h
Autor: Walcyr Carrasco

Fotos: Divulgação/Globo-UOL TV e Famosos-www.1.folha.uol.com-diariodonordeste.verdesmares.com.br-Conta Mais -Maria Padilha-MemoriasANT3N4DOS5-mundo novelas-Patrtícia Kogut-Gshow-Globo.com-Gente - iGGloboplay.globo.com- Memória Globo

Nenhum comentário:

Postar um comentário