sábado, 11 de março de 2017

Joana Fomm

Joana Fomm

 Ela é uma inspiração



Joana Fomm no ar, encanta a forte Teresa em Apocalipse, da Record/TV


Joana Fomm ao lado de Betty Faria, fez história na novela Tieta (1989)
Uma das maiores atrizes de todos os tempos, Joana Fomm tem muita história para contar...E, sobretudo, orgulhosa e doces lembranças de uma premiada carreira. E hoje para alegria dos fãs, ela pode ser vista na telinha em dose dupla: é a Teresa, de Apocalipse, da Record/TV, e a impagável Perpétua, de Tieta (1989) em reprise pelo canal Viva. A irmã bruxa de Tieta (Betty Faria) aliás, ainda faz muita gente parar a estrela nas ruas tamanha a repercussão da personagem até hoje. Contudo, apesar dos grandes companheiros de vida profissional e dos papéis de sucesso que fez na casa, em 2013, após 24 anos, Joana foi dispensada pela emissora. E isso levou a intérprete a enfrentar uma fase bem complicada. Ela havia acabado de vencer um câncer e descobriu uma disautonomia (transtorno neurológico que afeta o controle das funções autônomas do sistema nervoso).



Em seu retorno à Rede Globo, participou de Malhação (2016) como Cleo, avó do protagonista Gabriel, vivido por Felipe Roque.
Joana Fomm, a divertida Cléo de Malhação-Pro Dia Nascer Feliz, detalha como é a troca de experiência com os atores novatos da trama e afirma estar cansada de ver tanta violência na TV.Em devaneios acometidos pelo mal de Alzheimer, a Dona Cléo, de Malhação - Pro Dia Nascer Feliz, é uma mulher que parece ter parado no tempo. Mas só parece... Apesar da doença, a idosa protagoniza cenas engraçadas com os netos, Gabriel (Felipe Roque) e Giovane (Ricardo Vianna), e vive dando palpites na vida amorosa deles.Coube a Joana Fomm interpretar essa senhora que sofre com lapsos de memória, logo a atriz que é considerada a memória viva da nossa televisão.Para conseguir o papel, a grande estrela teve que recorrer às redes sociais. Em seu perfil, à mineira publicou um pedido de emprego. Ela desabafou que não estava conseguindo sustentar apenas com a aposentadoria.Alguns dias depois, Emanoel Jacobina, autor de Malhação, a convidou para participar da atual temporada da novela adolescente.Joana só entrou no capítulo 36 e afirma que foi muito bem recebida pelos colegas de elenco !Não sabia quem era quem, qual ator fazia qual papel...Aos poucos fui descobrindo. Foi legal porque eles todos foram muito solícitos e amáveis". afirma ela, que grava de uma a duas vezes por semana. "É pouco. Mas estou entusiasmada com o papel posso até gravar mais", avisa.

Troca de conhecimento


Com Barbara França e Felipe Roque
Em cena da novela adolescente com Barbara França e Felipe Roque
Aos 76 anos, a diva é referência para os atores novatos nos bastidores da novela, principalmente por Felipe Roque e Ricardo Vianna. Para Joana, o respeito é mútuo . "A gente está muito amigo. Eles falam que gostam de gravar comigo, sempre almoçamos juntos. Meus netos na novela me chamam de avó na vida rea. Eles são lindos! Falam que trabalhar comigo é facílimo, eu não sei, né (risos)", diz, emocionada em ser considerada uma inspiração para os jovens artistas.

Longe da realidade

Parceria inesquecível com Betty Faria em Tieta, que será reprisada no canal Viva
Também esse reconhecimento não é para qualquer atriz. Joana encarnou mais de 50 papeis na televisão e muitos deles foram tipos inesquecíveis, como a vilã Perpétua, de Tietas (1989) que será reprisada a partir de maio no canal Viva. "A Perpétua foi uma grande personagem numa deliciosa novela", lembra a atriz. "É muito engraçado,. Eu não gosto de me ver tanto na telinha, nem nem na época e nem depois", afirma a veterana, que acredita que as produções da teledramaturgia deveriam voltar a investir em realismo fantástico. "Teve uma época que eu disse ao Aguinaldo (Silva, autor de Tieta) que ele devia parar de utilizar o realismo fantástico em suas tramas. Mas, agora, li que ele vai escrever uma novela (O Sétimo Guardião, prevista para estrear em maio de 2018) que vai usar desse recurso de novo. Acredito que é a melhor coisa para as novelas atuais é retornar com esse universo mágico. A gente está precisando embarcar numa fantasia. Não quero mais ver gente matando gente na televisão. Já vemos isso na vida real", finaliza.

Os papéis memoráveis da Diva

1978- Dancin'Days 



Joana Fomm, Reginaldo Faria. e Sonia Braga
Em Dancin'Days (1978), disputou com Sonia Braga o amor da filhinha Marisa (Gloria Pires) e foi rejeitada por de Reginaldo Faria.
Yolanda - A ricaça criou a filha da irmã, Júlia (Sônia Braga), como se fosse sua, durante o tempo em que Júlia esteve presa. E fez de tudo para que elas não tivessem contato quando Júlia saiu da cadeia.

1984 Corpo a Corpo

Lúcia - Uma terrível vilã que fazia de tudo para se dar bem na vida. Ela se relacionava com homens ricos para manter a pose de dondoca e casou com Alberto (Hugo Carvana) mas morreu em um incêndio.

1987 - Bambolê

Fausta - Outra vilã, Fausta não aceitava a forma como o cunhado, Álvaro (Cláudio Marzo), a quem amava educava Ana (Myrian Rios), Yolanda (Thais de Campos) e Cristina (Carla Marins).

1989 - Tieta

Perpétua - É a irmã mais velha de Tieta (Claudia Ohana/Betty Faria), a quem odeia e a quem denunciou ao pai no passado, provocando sua expulsão da cidade. Está sempre arquitetando planos destinados a tirar vantagens dos parentes.



1991 - Vamp 

Em Vamp (1991) com Patrícia Travassos: Carmem e Mary.

Carmem Maura - A historiadora foi para Armação dos Anjos para descobrir os mistérios da cidade. E se apaixonou pelo capitão Jonas (Reginaldo Faria) com quem enfrentava vampiros e criava 12 crianças.

1993 -  Fera Ferida

Salustina - Arrogante, a tia de Linda Inês (Giulia Gam) menosprezava todos de Tubiacanga. Vivia com o filho, Cassi Jones (Marcos Winter) e guardava um segredo sobre a paternidade do rapaz.

2005 - Bang, Bang
Em Bang Bang (2005), casada com o personagem de Tarcisio Meira
Viridiana - No faroeste brasileiro, foi casada com o poderoso John McGold (Tarcísio Meira). Após a morte do marido, ela tentou controlar as dívidas das família, além de administrar a cidade de Albuquerque.

Contracenando com Grazi Massafera, como mãe dela, no episódio A Desinibida do Grajaú, do seriado global As Cariocas (2010)
Denise -Vive a mãe de Michelle, A Desinibida do Grajaú. Enquanto Grazi Massafera encarna uma modelo fútil que perde o que tem e precisa voltar ao bairro de origem, Joana é a mãe mais orgulhosa da Zona Norte do Rio, defendendo a filha com unhas e dentes!
Aqui com o saudoso MárioLago, amigo com quem teve o prazer de contracenar em Os Gigantes (1979): Antonio e Vânia
Vânia Lucia - Mulher de Fernando (Tarcísio Meira), tenta solucionar problemas do seu casamento, abalado pela volta de Paloma (Dina Sfat).
Começou o milênio como Olga Norman em Esplendor (2000)
Olga -É, talvez, a vilã oficial. Ela vive numa cadeira de rodas e é amargurada por isso. Sua grande frustração foi ter perdido o filho Pedro, que morreu afogado.
No folhetim, Porto dos Milagres (2001) esteve na pele de Rita.
Rita - É o equilíbrio da família e da gente do cais: para ela, todos os problemas têm solução. Acolhe a todos sem distinção, é simples e cheia de sabedoria. Nunca reclama de nada, e sempre acredita em um futuro melhor. Trabalha incansavelmente, ansiando pela volta dos homens do mar.

Parceria com Preta Gil e Thiago Fragoso em Agora É Que São Elas (2003)
Dinorá - De família simples, criou sozinha os três filhos depois que foi abandonada pelo marido, quando ainda estava grávida do caçula. É alto astral, positiva, vitoriosa e batalhadora.Trabalha com as filhas numa das confecções de couro da cidade. Mulher de pouca instrução, possui grande sabedoria e sempre lutou com dificuldade.

Por Thomaz Rocha

Publicado na revista Minha Novela n/n 913 - 03 de março de 2017  

Malhação Vida de Artista
Fotos: Divulgação/Rede Globo/Viva - Globo 0 Lavras24horas-Gshow - Globo.com

Publicado na revista Tititi n/n 1005 de 15/12/2017
Joana Fomm
Fotos: Ique Esteves - Chatack/Record/TV-TV Glogo/Divulgação0Munir Chatack/Record/TV

Nenhum comentário:

Postar um comentário